Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

terça-feira, 26 de junho de 2012

V.1: Guerra dos Tronos, A: As Crônicas de Gelo e Fogo: GEORGE R. R. MARTIN

Minha opinião: Depois de “mil dias” lendo esse livro, cheguei ao fim. E olha que ontem de noite eu decidi que iria terminar hoje, já que parecia ter muitas páginas ainda e eu estava com muito sono, e hoje quando começo a ler, descubro que só faltavam cinco páginas... Por que as outras páginas eram informações adicionais do livro. De qualquer maneira, foi uma leitura e tanto.

Eu já esperava ser uma boa leitura, afinal, eu só li resenhas positivas sobre os livros, e como eu gosto de livros grandes – juntou o bom com o muito bom – acabou por ser uma ótima escolha.

Mas vamos ao livro, primeiramente, não tem jeito né... Quando você inicia um livro de fantasia já sabe que vai ter muitos nomes diferentes, ou seja, que não são do nosso cotidiano e isso acaba fazendo com que as primeiras páginas se tornem um tanto que difíceis de serem acompanhadas – pelo menos isso acontece comigo – e foi assim que me senti quando comecei a ler esse livro, por que os personagens me estavam deixando confusa e eu tinha que voltar algumas páginas para saber quem era mesmo que estava falando, bem, mas continuei a leitura e fiquei muito empolgada. Por quê? Por que o autor soube separar bem o livro e fazer um suspense em cada capitulo, isso por que cada capitulo é sobre o olhar de um personagem diferente, e isso faz com que acompanhemos a estória de vários ângulos.


Já que estamos falando da estória, vou tentar contar um pouquinho sobre ela, bem, a estória acontece nos sete reinos, reinos esses que eram independentes, até que os Targaryen – Lembrando que no livro, é muito marcado as famílias e suas linhagens – unificam essas terras, até que há uma rebelião e Robert é coroado como rei, junto com seus amigos e seguidores. – Até aqui deu para entender? É que pra mim no começo do livro ficou meio confuso, e se eu soubesse disso, acho que ficaria mais fácil a leitura – Continuando, alguns anos depois, algumas coisas começam a acontecer nesses reinos, ou seja, a estória é marcada por vários acontecimentos, entre eles está os únicos descendentes Targaryen, que buscam uma maneira que reaver o trono; O Rei Robert escolhe um conselheiro para si que é o Eddard Stark; e isso acaba fazendo com que muitas conspirações e reviravoltas aconteçam na trama; e por fim –quer dizer, tem outras coisas, mas vou marcar essas – Criaturas que há muito estavam sumidas voltam a surgir nesses reinos, fazendo com que o  medo e o sobrenatural voltem a pairar sobre os personagens.

Olha só, eu sei que pode parecer um pouco confuso, mas quando se lê o livro dá para viajar com a narrativa e torcer por alguns personagens e odiar outros, e isso é muito bom, por que quando se tem essa aproximação com os personagens significa que o autor soube muito bem tecer as palavras.
Bem, por fim, posso dizer que esse livro lembrou-me um pouco – um pouco tá – As Brumas de Avalon, talvez por causa das mulheres desse livro que assim como as mulheres das Brumas, são fortes e viscerais, tem um poder grande e sabem usar deles; Mas também me lembrou de Rei Arthur, também pela forma com que a honra e as peculiaridades da corte sejam descritas.

Certo, agora eu quero o próximo livro e também assistir a série baseada nesse livro que foi feita pela HBO.

Resumo:  Em A Guerra dos Tronos, o primeiro livro da aclamada série As crônicas de gelo e fogo, George R. R. Martin - considerado o Tolkien americano - cria uma verdadeira obra de arte, trazendo o melhor que o gênero pode oferecer. 
Uma história de lordes e damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. 
Cada um esforçando-se para ganhar este conflito mortal: a guerra dos tronos. Mistério, intriga, romance e aventura encherão as páginas deste livro, agora também um blockbuster da HBO! 



TEM SERIADO DESSE LIVRO!
“Game of Thrones” é uma nova série original da HBO baseada nos romances best-seller de George R.R. Martin. Em um mundo onde verões atravessam décadas e invernos podem durar toda a vida, a coroa de Westeros vem com um preço. Traição, luxúria, intriga e forças sobrenaturais balançam os quatro cantos do Reino, do planejante sul e as selvagens terras orientais, até o norte congelado e a antiga Muralha que protege o reino da escuridão além. Reis e rainhas, cavaleiros e renegados, mentirosos e nobres irão competir pelo poder na sangrenta luta pelo Trono de Ferro. A produção tem como base os quatro livros de George R.R. Martin, que servirão de referência para cada temporada planejada, ou seja, teremos mais 3 temporadas com base nos demais livros.


sábado, 23 de junho de 2012

Minhas últimas aquisições!

Não aguentei e comprei os livros da promoção do submarino!
Mais treze livros para minha estante!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

A Comédia Trágica ou a Tragédia Cômica de Mr. Punch


Minha opinião: Eu tenho um grande prazer em ler Neil Gaiman, e nesse quadrinho não foi diferente, talvez isso se dê pelo meu gosto pelo estranho e esquisito, ou melhor, por aquilo que me causa estranheza. E tanto a ilustração desse livro feito por Dave Mckean como a história me causou tamanho espanto que fiquei deliciada.

Bem, esse quadrinho traz a historia de um menino que passa uma temporada na casa dos avós, talvez para a gente isso passe despercebido, mas Neil Gaiman faz com que esse pequeno período tenha outro sentido, já que vemos pelos olhos de uma criança o mundo dos adultos, em que tudo é incerto e muito confuso, e que as verdades às vezes são mentiras, e as mentiras por vezes são verdades, pois é, que mundo adulto difícil nós vivemos né?

Acho que o que me chamou a atenção foi o Mister Punch, talvez por que ele coloque em destaque os piores desejos do homem à vista de todos, e isso de certa forma é desconcertante, não que não tenhamos esse desejo, essa raiva, e essa vontade de driblar o mundo de regras e acabar vivendo do jeito que queremos, mas quando vemos isso acontecer, faz com que talvez tenhamos que lidar com isso em nós mesmos. Sei lá, ou talvez não... Mas quando Mister Punch joga o bebê pela janela e o mata e depois sai matando, bem, isso dá um certo sentimento de raiva dele, e como o “garoto” queremos que alguém o mate, ou seja, damos vazão ao mesmo que o Mister Punch faz...
Por isso, talvez eu tenha gostado desses quadrinhos.

“Depois, ocorreu-me que eu deveria ter vestido a cabeça do texugo: assim eu teria me tornado um, algo minúsculo cambaleando com uma cabeça enorme, proferindo vastas verdades que eu não ousava pensar quando criança.”

Resumo: As histórias deste livro acontecem em Portsmouth, cinzenta cidade do litoral da Inglaterra, um garoto passa uma temporada inesquecível na casa dos avós. Um período de amadurecimento e descobertas, reveladas por personagens insólitos. 
Seu tio-avô Morton, marcado desde a infância por uma deficiência física; uma misteriosa mulher, que ganha a vida interpretando uma sereia, e Swatchell, um artista com um passado obscuro.
À medida que as histórias desses personagens se entrelaçam e se desdobram , o garoto é forçado a confortar segredos de família, estranhos fantoches e um pesadelo de violência e traição, em uma sombria fábula sobre o fim da infância - e da inocência - e a passagem para a vida adulta.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Aproveite!

Isso é Loucura!
Mas o submarino tá com uma super promoção! Vários livros por DEZ REAIS CADA (comprando acima de CINCO livros)!




Olha só alguns livros que estão por esse precinho:
















MUITO BOM!



Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails