Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

domingo, 25 de abril de 2010

Volume 2: Percy Jackson e os Olimpianos em O mar de monstros - Rick Riordan

Minha opinião: Ahã! Peguei os livros do meu irmão...rs... Na verdade é ele que tem essa coleção, e eu não consegui esperar ele terminar de ler e peguei os livros. Como já disse várias vezes, eu gosto muito de literatura Infanto Juvenil, acho muito divertido. E bem... a continuação da história foi legal, devo dizer que eu prefiro o primeiro livro, acho que foi mais empolgante, mas esse também foi divertido, mas o achei tão curtinho... Na verdade só hoje mesmo que o abri para ler e agora a pouco acabei! Mas esse livro em uma nova aventura e novos personagens como o Tyson que vai ajudar Percy, mas acho que deu para conhecer melhor alguns personagens... Estou gostando...

Resumo: Segundo volume da saga Percy Jackson e os Olimpianos, O Mar de Monstros narra as novas aventuras de Percy e seus amigos na busca do Velocino de Ouro, o único artefato mágico capaz de proteger o Acampamento Meio-Sangue da destruição.
É com essa missão que ele e outros campistas partem para uma eletrizante viagem pelo Mar de Monstros, onde deparam com seres fantásticos, perigos e situações inusitadas, que põem à
 prova seu heroísmo e sua herança. Está em jogo a existência de seu refúgio predileto e, até então, o lugar mais seguro do mundo para eles. Antes de tudo, porém, nosso herói precisará confrontar um mistério atordoante sobre sua família - algo que o fará questionar se ser filho de Poseidon é uma honra ou uma terrível maldição. Rick Riordan nasceu em 1964 em San Antonio, no Texas, onde mora com a mulher e dois filhos. Durante quinze anos ensinou inglês e história em escolas públicas e particulares de São Francisco. Além da série Percy Jackson e os olimpianos, publicou a premiada série de mistério para adultos Tres Navarre.

Acompanhe os outros posts dessa coleção:
http://paulatictic-dicasdelivros.blogspot.com/2010/02/volume-1-colecao-percy-jackson-e-os.html
http://paulatictic-dicasdelivros.blogspot.com/2010/05/volume-3-percy-jackson-e-os-olimpianos.html

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Aproveite!

Aproveite!

A loja online da Fnac está com uma promoção de livros por apenas R$9,90! Então se você está querendo ampliar seu acervo, essa pode ser uma boa opção...
Tem livros como EAT PRAY LOVE da Elizabeth Gilbert; FICA COMIGO ESTA NOITE da Ines Pedrosa; tem livro da Meg Cabot que é LIÇÕES DE PRINCESA... Além de livros infantis, auto ajuda, de arte e psicologia.
Acho que vale a pena dar uma olhadinha né!

Aqui vai o link:
http://www.fnac.com.br/loja-especial/livros-por-r-9-90/892/1.html

quarta-feira, 21 de abril de 2010

ESPECIAL: Memoria e Sociedade - Eclea Bosi

Minha opinião: Pois bem... Esse livro era uma leitura... digamos que “obrigatória” para um projeto que estou realizando, mesmo assim achei muito interessante colocá-lo aqui já que é um livro muito importante e interessante. Acho que para uma leitura teórica, o texto impressiona (e acho também por que o tema “memória” me interessa), mas pela forma com que é exposta, a memória é trazida de uma maneira que parece até ser romanceado, o que pode ser entendido que a vida de alguém dá uma grande história.
Resumo: Afirma a autora "(...) não pretendi escrever uma obra sobre memória, nem uma obra sobre velhice. Fiquei na interseção dessas realidades: colhi memórias de velhos". O livro é separado inicialmente por dois capítulos teóricos e um último capítulo em que os oito participantes da pesquisa e a própria pesquisadora se tornam narradores do livro.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Volume 4: As Brumas de Avalon: O Prisioneiro da Árvore - Marion Zimmer Bradley

Minha opinião: Bem... O que posso dizer dessa coleção? Acho que eu me surpreendi com o decorrer da história, por que tudo o que eu imaginava que poderia acontecer, não aconteceu, mas isso não afetou a boa leitura que foi... Acho que o interesse é poder lidar com questões como “Existe algo que seja o correto?”, “De que lado olhar?”, “Qual é a verdade?”, “Até que ponto pode acreditar em algo e afetar as pessoas a nossa volta por isso?”. Acho que essas são umas das muitas questões que surgiram, por que o livro traz assuntos delicados como incesto, homossexualidade, preconceito e a religião, que acho tornar a história mais rica.
Eu sinceramente cheguei a ficar com raiva da Morgana (e olha que eu sempre torci por ela), a entender o Lancelot e achar que o Rei Arthur fez o certo, ao seu modo é claro, mas o meu sentimento por cada personagem alterou muito com o decorrer das paginas, apontando sempre uma nova característica deles. Por fim, acho que eu gostei muito dessa historia, contada dessa maneira.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Volume 3: As Brumas de Avalon: O Gamo-Rei- Marion Zimmer Bradley

Minha opinião: Não consigo parar de ler essa coleção! Nesse livro Guineverre se mostrou ainda mais chata do que no outro livro e Arthur, coitado, um fraco. Bem... mas a história está tão interessante, e o mais engraçado está acontecendo tudo ao contrário do que eu imaginava ou do que eu queria...rs... mesmo assim estou gostando, acho que a escrita é muito boa e prende a atenção. Só alguns erros de tradução chamam a atenção durante a leitura.                                                                      
 Resumo: A lenda do Rei Artur chega ao seu clímax e a luta aqui é entre os celtas e os cristãos. Artur terá que decidir entre a tradição de Morgana e a de sua amada, Guineverre, além de enfrentar as intrigas múltiplas em sua corte.

sábado, 10 de abril de 2010

Volume 2: As Brumas de Avalon: A Grande Rainha - MARION ZIMMER BRADLEY

Minha opinião: Eu passei uma raiva tão grande lendo esse livro que ninguém pode imaginar... Sabe quando você ao ler um livro torce para que tudo dê certo para um personagem? E não é horrível quando aparece uma pessoa idiota e atrapalha tudo? Pois bem... Eu passei por isso nesse livro. Tá certo, eu vou confessar que fiquei do lado da Morgana e simplesmente queria estrangular a Rainha Guineverre, rs... Mas isso só pode mostrar uma coisa: A história é boa mesma! Por que quando se consegue sentir raiva de uma personagem é por que o autor (nesse caso autora) conseguiu dar vida as palavras...


Estou adorando o livro!

Resumo: A cristianização da Inglaterra entra em cena, junto com a rainha Guineverre, que será a inimiga número 1 de Morgana. Merlin e os cavaleiros entram na trama. Poder, luta e ritos dão realidade à ficção.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Volume 1: As Brumas de Avalon: A Senhora da Magia - Marion Zimmer Bradley

Minha opinião: Eu gosto muito de livros de aventuras, fantasias e mundos mágicos, adorei ler a coleção “O Senhor dos Anéis” (Que alias nem coloquei aqui por acho que são livros que não precisam nem de comentários). Pois bem... Eu comprei a coleção das Brumas de Avalon por dois motivos: o primeiro é por que estava com um super desconto no Submarino, e segundo por que ouvi muitos comentários excelentes... E como sempre e sempre, não resisti, mas confesso que estava um pouco insegura, já que pensei ser algo meio bobo... E agora que comecei a ler o primeiro livro eu simplesmente adorei! A história prende a atenção e existem várias nuances e lados de ver o que está sendo escrito, o que deixa tudo mais e mais interessante. A história começa com Igraine que é a mãe de Arthur, e depois passa por Viviane que é irmã de Igraine e depois por Morgana que é irmã de Arthur, é incrível como a história é contada, de uma maneira tão encantadora que é impossível parar de ler e não se encantar com cada palavra e com cada surpresa... Eu acabei de ler o primeiro livro ainda agora e já estou tensa para começar o próximo...

Resumo: A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo-Rei e O Prisioneiro da Árvore são os quatro volumes que compõem As Brumas de Avalon - a grande obra de Marion Zimmer Bradley -, que reconta a lenda do rei Artur através da perspectiva de suas heroínas. Guinevere se casou com Artur por determinação do pai, mas era apaixonada por Lancelote. Ela não conseguiu dar um filho e herdeiro para o marido, o que gera sérias conseqüências políticas para o reino de Camelot. Sua dedicação ao cristianismo acaba colocando Artur, e com ele toda a Bretanha, sob a influência dos padres cristãos, apesar de ser juramento de respeitar a velha religião de Avalon. Além da mãe de Artur, Igraine e de Viviane, a Senhora do Lago que é a Grande Sacerdotisa de Avalon, uma outra mulher é fundamental na trama: Morgana, a irmã de Artur. Ela é vibrante, ardente em seus amores e em suas fidelidades, e polariza a história com Guinevere, constituindo-se em a sua grande rival. Sendo uma sacerdotisa de Avalon, ela tem a Visão, o que a transforma em uma mulher atormentada. Trata-se, acima de tudo, da história do conflito entre o cristianismo, representado por Guinevere, e da velha religião de Avalon, representada por Morgana. Ao acompanhar a evolução da história de Guinevere e de Morgana, assim como dos numerosos personagens que as cercam, acompanhamos também o destino das terras que mais tarde seriam conhecidas com Grã-Bretanha.
As Brumas de Avalon evoca uma Bretanha que é ao mesmo tempo real e lendária - desde as suas desesperadas guerras pela sobrevivência contra a invasão saxônica até as tragédias que acompanham Artur até a sua morte e o fim da influência mítica por ele representada.
Igraine, Viviane, Guinevere e Morgana revelam através da história de suas vidas e sentimentos a lenda do rei Artur, como se ela fosse nova e original.

Acompanhe as postagens dos próximos livros da coleção aqui no blog:

http://paulatictic-dicasdelivros.blogspot.com/2010/04/volume-2-as-brumas-de-avalon-grande.html
http://paulatictic-dicasdelivros.blogspot.com/2010/04/volume-3-as-brumas-de-avalon-o-gamo-rei.html
http://paulatictic-dicasdelivros.blogspot.com/2010/04/volume-4-as-brumas-de-avalon-o.html
Tem filme desse livro:

As Brumas de Avalon

titulo original: (The Mists of Avalon)
lançamento: 2001 (EUA)
direção: Uli Edel
atores: Anjelica Huston , Julianna Margulies , Samantha Mathis , Caroline Goodall , Edward Atterton
duração: 180 min
gênero: Aventura

Sinopse: Morgana (Julianna Margulies) recorda que a maioria do que foi dito sobre o Rei Arthur (Edward Atherton) e aqueles que o cercavam é mentira, pois, como sacerdotisa de Avalon, onde nasceu a religião da Deusa-Mãe, viveu estes acontecimentos, que começaram quando acontece o maior levante já visto na Bretanha. Os saxões varriam o país matando igualmente cristãos e seguidores da deusa de Avalon. Se um grande líder não unisse cristãos e pagãos, a Bretanha estaria condenada ao barbarismo e Avalon ao desaparecimento. Gorlois (Clive Russell), o pai de Morgana, lutava incansavelmente contra as hordas de saxões. Nesta época Morgana era apenas uma criança, que vivia na Cornuália com Igrane (Caroline Goodall), sua mãe, que era ainda uma seguidora da antiga religião e praticava secretamente a antiga magia. Morgause (Joan Allen), a irmã de Igrane, também lá morava e apreciava o poder de Avalon. Um dia Viviane (Anjelica Huston), que também tia de Morgana e, principalmente, era a grã-sacerdotisa de Avalon, passou a visar apenas um objetivo: salvar Avalon dos saxões. Ela teve uma visão que o rei morreria em 6 meses, sem deixar herdeiros. Viviane comunica a Igrane que ela irá gerar este líder, mas não com Gorlois, seu marido, e sim com um homem que usa o símbolo do dragão e é um seguidor da deusa. A idéia desagrada Igrane, sendo que Morgause diz que não tem marido a quem trair e também tem o sangue de Avalon, assim quer fazer este homem se apaixonar por ela e gerar esta criança. Viviane se opõe, dizendo que ninguém pode viver o destino de outro, e fala para Morgause que ela tem um rei e filhos no seu futuro, mas não dá explicações. Viviane planeja salvar Avalon através da unção e treinamento de sua sobrinha, Morgana, como sua sucessora, manipulando a linhagem real para gerar Arthur, um rei que abraçará tanto as crenças pagãs quanto o cristianismo. Desta forma Avalon seria salva, pois a ilha é o centro pagão do poder e um mundo místico invisível para aqueles que não crêem. Porém, conforme o cristianismo avança pela Inglaterra e mais pessoas se afastam da Deusa, esse reino misterioso se torna difícil de alcançar até mesmo para os que têm fé, com a ambiciosa Morgause se empenhando em frustrar seus planos. Viviane tem um temperamento determinado e boas intenções, mas comete um erro que atingirá Morgana pessoalmente e afetará toda a Bretanha.

domingo, 4 de abril de 2010

Volume 1 e 2: Crime e Castigo - Fiódor Dostoievski

Minha opinião: Eu sempre quis ler esse livro, mas sempre deixava para depois... Mas quando tive agora a chance de comprá-lo, eu simplesmente o devorei! A história é desde o inicio envolvente, o personagem Raskólnikov é tão intenso, tão real, cheio de questões que são tão atuais que parece ocorrer nos dias atuais. Raskólnikov é um dos personagens que eu mais gostei dos últimos livros que eu li, ele tenta se explicar, tenta se entender ao mesmo tempo que se nega a isso, é tão complexo por si mesmo... que me encantou.
Pois bem, a história gira em torno de Raskólnikov que comete um crime: assassinato, mas ele tenta explicar esse ato de uma maneira peculiar, já que ele classifica os homens em “ordinários” e os “extraordinários” sendo que esse segundo tem o direito de matar, e claro que esses homens “extraordinários” só surgem entre milhões e milhões de homens...
Dostoievski arrasa nesse romance, as discussões são impressionantes e vale muito, mas muito a pena ler...

Recomendo!

Resumo: O Romance Crime e Castigo (1866) seria de expectativa para uma legião de leitores fascinados com o destino de Raskólnikov, estudante e homicida perseguido pela memória de seu crime. Raskólnikov, paupérrimo, resolve matar uma miserável e inútil usuária, para salvar a si próprio e a sua família, comete o crime, mas logo se vê obrigado a assassinar outra pessoa, inocente, e sai sem ter roubado nada, as dúvidas o devoram, seu duelo de conversas com o comissário de polícia destrói-lhe os nervos, e por fim, confessa o crime a uma prostituta que lhe mostra o caminho do arrependimento e do Evangelho. Dostoiévski identifica o problema central dos limites da liberdade da ação humana, mas também sugere as possibilidades de redenção pelo crime.

Mais: Quando Dostoiévski começou a trabalhar no livro, no verão de 1865, ele estava deprimido e em uma situação financeira difícil devido a dívidas de jogo. Ameaçado por credores, o escritor firmou um contrato nada vantajoso que concedia aos editores inúmeros direitos sobre suas obras seguintes. Em 1866, quando os primeiros capítulos da história começaram a aparecer em periódicos, N. N. Strakhov, um crítico russo do século XIX, observou que o romance era tão poderoso que as pessoas ficavam agitadas ao lê-lo devido à tensão dramática, às descrições fiéis e principalmente às questões morais envolvidas na trama. Há mais de um século críticos buscam enquadrar o romance de Dostoiévski em uma categoria, oscilando em classificá-lo como um romance político, um estudo psicológico ou mesmo um tratado religioso. O certo é que Dostoiévski criou um personagem que é universal, alguém com quem o leitor pode simpatizar, sentir pena e até mesmo se reconhecer - o que fez com que a obra seja cada vez mais lida e apreciada.


Tem filmes desse livro...
 
Resumo: O estudante Rodya é suspenso da escola ao ser acusado de pertencer a um grupo anarquista. Sem dinheiro, ele mata velha dona de uma loja de penhor para roubá-la. É o início de uma tenaz luta psicológica, na qual sua maior inimiga é a sua própria consciência. Baseado no clássico de Féodor Dostoiévski.
 Resumo: (Filme brasileiro baseado na obra "Crime e castigo") Nina (Guta Stresser) é uma jovem de sensibilidade agudíssima e mente fragilizada, que procura meios de sobrevivência numa metrópole desumana. A proprietária do apartamento onde mora, Dona Eulália (Myriam Muniz), uma velha mesquinha e exploradora, parece ter prazer em esmagar a vontade da sua inquilina exaurida. Em meio aos desenhos que faz em toda a parte e vivendo a agitada cena eletrônica de São Paulo, Nina mergulha nos fantasmas de seu inconsciente até acabar envolvida em um crime.
Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails