Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A História de Edgar Sawtelle - David Wroblewski

Minha opinião: Nem sei o que dizer exatamente sobre esse livro... Eu amei, odiei, larguei, peguei de novo, relia páginas, detestava uma parte e não queria que outra acabasse, acho que foi essa relação que eu tive com essa história. Nossa... Acredito que nunca li algo parecido, pelo menos nisso eu posso ter certeza.
É um drama muito bem escrito, os detalhes do dia a dia que as vezes podem parecer tão sem importância, nesse livro ganham vida, saltam das letras e palavras formando imagens precisas na mente. Me apaixonei por Edgar, desde a descrição do seu nascimento até o seu amadurecimento, eu consegui viver ao lado dele e pude perceber como ele mudava e simplesmente crescia. O livro também traz muita coisa sobre cachorros, o convívio com eles e a amizade que se cria, isso foi uma grande surpresa, que devo admitir muito agradável. Nas ultimas paginas quase tive um treco, os sentimentos dos personagens transbordavam pelo livro e eu simplesmente tomava partido de um deles e queria que as coisas acontecessem como eu estava esperando...bem...me desesperei.
Afinal, um grande livro.

Resumo: Mudo desde o nascimento, Edgar Sawtelle se comunica apenas por sinais e bilhetes. Leva uma vida serena com os pais na fazenda da família, em um lugar remoto dos Estados Unidos. Ao longo de gerações, os Sawtelles criaram e treinaram uma raça de cães cujo dedicado companheirismo tem sua síntese em Almondine, a amiga e eterna aliada de Edgar. A volta inesperada de Claude, o tio paterno, leva o caos ao então pacífico lar dos Sawtelles. Após a morte repentina do pai de Edgar, Claude se insinua na vida da fazenda e conquista o afeto da mãe do menino.
Confuso e dominado pelo sofrimento, o rapaz tenta provar que Claude teve algum papel naquela morte, mas esse plano fracassa e se volta contra Edgar, resultando em novas tragédias. Ao fugir para a área florestal nos limites da fazenda, Edgar amadurece em contato com a vida selvagem, ao lutar pela própria sobrevivência e a dos três jovens cães que o acompanharam. Contudo, a necessidade de apontar e de enfrentar o assassino do pai e a devoção aos cachorros sawtelle fazem o menino voltar para casa.

Sobre o autor: David Wroblewski é um mestre da narrativa, um contador de histórias que arquiteta cenas e desenlaces arrebatadores. Construído com uma brilhante exploração dos limites da linguagem e com reviravoltas surpreendentes, A História de Edgar Sawtelle, primeiro romance do autor, já se tornou um clássico moderno. É alvo de leitura compulsiva de milhões de leitores e alcançou o topo das listas de best-sellers do jornal The New York Times, com mais de 1,5 milhão de exemplares vendidos nos Estados Unidos, e o primeiro lugar das listas do Canadá e de Portugal.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Deixe sua dica de livro



Deixe aqui sua dica de livro

Aqui você pode deixar a sua dica de livro, Aquele livro que você mais gostou, Conte também por que você gostou, como ele é, e se puder deixe um resumo do livro. Eu particularmente adoro receber dicas de livros, principalmente daqueles entusiasmados, quando isso ocorre sinto que provavelmente eu também irei gostar do livro, por isso deixem as suas dicas de livros.

Algumas dicas sugeridas:




Uma pessoa anônima deixou essa dica, a série A mediadora da Meg cabot, eu queria saber quem foi, por que a dica foi muito boa, eu li a coleção e adorei!

Mais uma pessoa anônima deixou a dica do livro Grau 26 do Anthony E. Zuiker, poxa... eu queria tanto ler esse livro, mas ele está tão caro nas lojas, que no momento eu não estou podendo... Mas está na minha lista de próximas aquisições, mas eu li a sinopse e parece ser muito interessante, adoro esse tipo de livro com psicopatas...











O Roberth Trindade!!!! Vocalista da banda thributo deixou também a sua dica, O vendedor do Augusto Cury. Bem eu só li um livro até hoje dele e achei bonitinho, não é um gênero que leio muito, mas acho que vale a pena e além disso Roberth afirmou que o autor dá um show de criatividade... dá uma vontade de ler...















A Carol deixou essa dica, A hospeira da stephenie meyer. Eu estou de olho nesse livro já faz um tempinho, mas estou esperando achar uma promoção ou o preço abaixar, e enquanto isso estou super curiosa. Mas a Carol já disse que foi um dos melhores que ela leu, já vale a dica dela né?












Dessa & Mi também deixou a sua dica, o livro Marley e eu do John Grogan. Eu só vi o filme e gostei muito, achei muito legal, e agora fiquei curiosa de ler esse livro...
Também deixe a sua dica!

domingo, 24 de janeiro de 2010

Para Sempre: Os Imortais - Alyson Noel

Minha opinião: Hum... Comprei esse livro por que estava como um dos mais vendidos ew também por que a capa é de certa maneira chamativa!
Mas após ler o livro eu gostei dele. Mas eu juro que ele me fez lembrar da série crepúsculo, por que a história também tem uma mocinha que se apaixona pelo cara lindo, interessante, rico, inteligente, com poderes sobrenaturais e que claro, é apaixonado também por ela.
Mas fora isso as coisas se alteram um pouco, primeiro por que a mocinha que se chama Ever também tem poderes, e o sobrenatural desse livro transcende muitas coisas e não tem relação com vampiros... Mas foi uma leitura fácil e gostosa, também traz aventuras e surpresas no decorrer dela. Para quem gostou da série crepúsculo, acho que também vai gostar desse livro.

Resumo: Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.

Série Crepúsculo - Stephenie Meyer

Minha opinião: Pois é! Eu esqueci de colocar esses livros aqui, mas decidi postar antes do próximo para fazer uma breve comparação.
Bem...Eu li a série nas férias de julho... na verdade eu não estava nenhum pouco interessada nessa história, mas um amigo meu o Dennys, disse para eu assistir o filme por que tinha certeza que eu iria adorar e etc... Eu fiquei com um pé átras quando ouvi falar que era sobre vampiros, hum... Mas ele me disse tão empolgado, falando que era uma série de livros e que ele estava lendo e gostando bastante, ah resolvi arriscar. E eu gostei do filme e gostei mais ainda dos livros, li tudo rapidamente.
A história ao contrário do que eu pensei se baseia mais em um conto de fadas (digo, conto vampíresco), em que tem uma mocinha meio que sem graça e um cara lindo, rico, interessante, inteligente e com super poderes e claro que apaixonado pela mocinha!
Acho que o interessante dos livros é que eles tem muita aventura e sobrenatural de sobra e isso realmente foi algo novo e diferente dos livros de romance tradicionais. Eu juro que voltei para a minha adolescencia lendo os livros, rs...e os livros são interessantes por que vão narrando toda a trajétoria do relacionamente de Bella e Edward.
O primeiro livro (Crepusculo) eu gostei por que fui apresentada aquele mundo tão estranho e muito irresistivel, mas também fiquei encantada com o amor de Bella e Edward.
O segundo livro (Lua nova) eu achei tão melancolico, mas não foi ruim, por que eu sentia a dor de Bella, o seu desespero e angustia, mas em compensação tem muito Jacob, o amigo de Bella, e eu juro que torci para  o Jacob ficar com ela nesse livro...
O terceiro livro (Eclipse) veio com mais emoção e trazendo mais Edward, foi interessante, mas eu ach oque gostei muito mais do quarto livro (Amanhecer) que as coisas aconteceram tão rapidamente que eu que acabei esquecendo de respirar...rs... muitas novidades que eu nem esperava...
Bem...eu gostei dos livros e agradeço o Dennys por ter insistido para eu assistir.

Resumo:
Crepúsculo poderia ser como qualquer outra história não fosse um elemento irresistível: o objeto da paixão da protagonista é um vampiro. Assim, soma-se à paixão um perigo sobrenatural temperado com muito suspense, e o resultado é uma leitura de tirar o fôlego - um romance repleto das angústias e incertezas da juventude - o arrebatamento, a atração, a ansiedade que antecede cada palavra, cada gesto, e todos os medos.

Lua Nova: Para Bella Swan, há uma coisa mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Mas estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que ela poderia ter imaginado. Edward já resgatara Bella das garras de um mostro cruel, mas agora, quando o relacionamento ousado do casal ameaça tudo o que lhes é próximo e querido, eles percebem que seus problemas podem estar apenas começando... Em Lua Nova, Stephenie Meyer nos dá outra combinação irresistível de romance e suspense com um toque sobrenatural.

Eclipse: Enquanto Seattle é assolada por uma sequência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella está cercada de outros perigos. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob - uma opção que tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella vive mais um dilema: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?

Amanhecer: Na aguardada conclusão da saga Crepúsculo Bella se vê a frente da difícil decisão da escolha fatal entre fazer parte do obscuro, mas sedutor, mundo dos imortais ou seguir uma vida totalmente humana. Escolha essa, que poderá significar a transformação do destino dos dois clãs: vampiros e lobisomens. Assombroso e de tirar o fôlego, Amanhecer esclarece os mistérios e os segredos desse fascinante épico romântico que tem arrebatado milhões de leitores.

Claro que tem filmes desses livros (Até o momento foi até Lua Nova)

titulo original: (Twilight)
lançamento: 2008 (EUA)
direção: Catherine Hardwicke
atores: Kristen Stewart , Robert Pattinson , Billy Burke , Ashley Greene , Nikki Reed
duração: 122 min
gênero: Romance










titulo original: (The Twilight Saga: New Moon)
lançamento: 2009 (EUA)
direção: Chris Weitz
atores: Kristen Stewart , Robert Pattinson , Taylor Lautner, Dakota Fanning , Michael Sheen
duração: 130 min
gênero: Romance

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Irmão Lobo - MICHELLE PAVER

Minha opinião: A-do-re-i esse livro, ah!! Eu gosto muito de aventura e esse não deixou nada a desejar, o livro é indicado para jovens leitores...bem...não sou assim tão jovem, mas acredito que esse livro é legal para qualquer idade. O personagem principal é o Torak, um garoto que tem uma missão que é salvar a floresta, e para lhe ajudar aparece o Lobo, um filhote de lobo, a amizade deles é tão bonita! Eu mergulhei no livro e sinceramente não gostei quando acabou, mas descobri que é uma coleção seis livros, os próximos são: Espiríto errante; Devorador de Almas; Desterrado, os outros eu não achei...
E lá vou eu buscar os outros livros para ler...rs...

Trecho do livro:
"O filhote de lobo parecia ter umas três luas de idade. Era franzino e estava molhado, e reclamava mansamente para si mesmo com um choramingar baixinho e contínuo.
Torak hesitou. Sem aviso, o som levara uma alarmante visão à sua mente. Pêlo negro. Quente escuridão. Leite gordo, nutritivo. A mão limpando-o com lambidas. O arranhão de pequenas garras e cutucadas de pequenos focinhos frios. Filhotes fofos trepando em cima dele: o filhote mais novo da ninhada.
A visão era nítida como um relâmpago. O que ela significa?
Sua mão apertou a faca do pai. Não importa o que significa, disse a si mesmo. Visões não mantêm a gente viva. Se você não comer esse filhote, ficará fraco demais para caçar. E você tem permissão de matar o seu animal de clã para evitar morrer de fome. Você sabe disso.
O filhote ergueu a cabeça e emitiu um ganido aturdido.
Torak ouvi-o - e entendeu.
De algum modo estranho que não conseguia nem começar a sondar, reconheceu os sons agudos e vacilantes. A mente de Torak conhecia suas formas de expressão. Lembrava-se deles.
Não é possível, pensou.
Ouviu os ganidos do filhote. Sentiu-os estilar em sua mente.
Por que não brincam comigo?, perguntava o filhote à sua alcatéia morta. O que eu fiz agora?
Isso prosseguiu sem parar. Enquanto Torak escutava, algo despertou nele. Os músculos do pescoço tensionaram. No fundo da garganta sentiu o início de uma reação. Combateu o impulso de jogar a cabeça para trás e uivar.
O que estava acontecendo? Ele não se sentia mais como Torak. Não um menino, não um filho, não um membro do Clã do Lobo - ou não apenas essas coisas. Alguma parte dele era lobo.
Uma brisa surgiu, arrepiando sua pele.
No mesmo momento, o filhote parou de ganir e voltou-se abruptamente para encará-lo. Seus olhos estavam desfocados, mas suas compridas orelhas estavam empinadas, e ele fareja o ar. Ele o havia farejado.
Torak olhou abaixo para o pequeno filhote aflito, e endureceu seu coração.
Sacou a faca do cinto e começou a descer o declive."

Resumo: Imagine uma densa floresta em que a vida pulsa em forma de rios, árvores, montanhase animais. Imagine que os homens estão apenas começando sua existência e que respeitam e temem as forças da natureza. Imagine um menino prestes a lidar com o espírito mais feroz dessa floresta na primeira grande aventura de sua vida. É isto que você encontrará em Irmão Lobo, de Michelle Paver, o primeiro e arrebatador volume da série Crônicas das Trevas Antigas, que coleciona milhares de fãs mundo afora e que chega agora ao Brasil, pela Rocco Jovens Leitores. Embarque nesta viagem de volta à Idade da Pedra, onde o jovem Torak conta apenas com a ajuda de um filhote orfão de lobo e com sua habilidade como caçador para sobreviver aos perigos da floresta e derrotar um poderoso inimigo.

Mais informações: http://www.irmaolobo.com.br/

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Esplendor Secreto - Sandra Brown

Minha opinião: O livro é um romance que diria que não tem nada de novidade, é bonito, romantico e picante, tem o jeitão de outros tipicos romances... Logo no ínicio da história já sabemos de antemão o que a personagem principal está fazendo de errado e claro que sabemos também que isso não irá dá certo, e que provavelmente irá acarretar em uma crise. Mas acho que isso não é motivo para não ler, quem gosta de romance com aquele amor pelo ar em que tem um homem fantastico apaixonado pela mocinha, com certeza vai gostar desse livro.

Resumo: Arden Gerty parte para Maui em busca de uma criança muito especial, capaz de tornar mais suportável a dor da perda de seu único filho. Mas esse encontro pode ressuscitar segredos relacionados a grandes amores perdidos, esperança, nascimento e morte.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

O Leitor - Bernhard Schlink


Minha opinião: Esse é um livro rápido de se ler, até por que a história se desenvolve de uma maneira suave e é fácil acompanha-lo. O contexto do livro chama muito a atenção, já que Michael se vê em um dilema emocional, em que a pessoa que amou e provavelmente ama se encontra em um tribunal sendo acusada por seus atos na segunda guerra mundial, questão essa que ele desconhecia. Dessa maneira um livro aborda esses sentimentos conflituosos de uma maneira calma e delicada, acho que por isso que ele é interessante. Eu gostei.

Resumo: Michael tem somente 15 anos quando conhece Hanna, uma mulher 21 anos mais velha. É o início de uma delicada relação amorosa, marcada por pequenos gestos e rituais. A leitura de clássicos de Tolstói, Dieckens e Goethe precede os encontros. Ao longo de meses, o casal repete essas cerimônias, interrompidas pelo súbito desaparecimento de Hanna. Sete anos depois, Michael, estudante de direito, é convidado a tomar parte em um julgamento contra criminosos do regime nazista. Ele descobre que uma das acusadas é sua antiga amante, o que o lança a um vórtice de culpa e piedade.

Tem filme desse livro
 Eu ainda não assisti ao filme, estava esperando ler o livro antes, por isso não sei dizer se é bom ou não.
titulo original: (The Reader)
lançamento: 2008 (Alemanha) (EUA)
direção: Stephen Daldry
atores: Ralph Fiennes , David Kross , Jeanette Hain , Kate Winslet , Susanne Lothar
duração: 124 min
gênero: Drama

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O Anjo Das Trevas - Caleb Carr

Minha opinião: Faz tempo que eu não lia um livro tão bom assim! Para começar devo confessar que esse livro estava na pilha de livros há cerca 5 anos...e eu ficava olhando para ele e não sentia vontade nenhuma de ler, primeiro porque ele é muito grande (umas 700 paginas com letras pequenas) e por que a capa não é nenhum pouco atrativa. Porém nessas férias decidi arriscar e foi a melhor coisa que eu fiz, o livro me prendeu do começo ao fim, apesar dele ser grande o autor não fica enrolando, divagando e etc como as vezes acontece, mas ao contrario, em cada página tem uma surpresa e algo novo na história. Devo também admitir que eu gostei tanto assim por questões pessoais, ou seja, no livro existem duas coisas que me fizeram gostar mais ainda dele: Primeiro, é que o Dr. Laszlo Kreizle, que digamos seja o mais experiente do grupo ele é psicologo e é um perito na área criminologica e na área infantil; Segundo, por que a história tem como tema principal a busca por uma psicopata.
O livro é uma continuação do livro o Alienista, as vezes é feita menção a esse livro, mas o autor não peca, por que conseguimos entender tudo perfeitamente sem precisar ler o primeiro. O único problema foi que eu fiquei com uma imensa vontade de ler o primeiro livro, e lá vou eu nos Sebos em busca do Alienista.

Mas fora isso, a escrita é boa, foi uma ótima leitura,
eu recomendo mesmo!!!

Resumo: Em O ANJO DAS TREVAS, seu mais novo romance, o escritor americano Caleb Carr retorna ao universo de seu maior sucesso de público e crítica, O alienista. Estamos na Nova York do final do século XIX. A trama se passa um ano depois de o Dr. Laszlo Kreizler — um pioneiro da psiquiatria forense, auxiliado por um restrito grupo de colaboradores — ter descoberto o assassino serial John Beecham usando seus conhecimentos científicos. Durante esse tempo, Kreizler e seus colaboradores conseguiram se distanciar da realidade mórbida daqueles crimes. Mas acabam levados de volta à pista de um assassino igualmente terrível quando são chamados para descobrir o paradeiro da filha de um diplomata espanhol. Isso às vésperas da guerra hispano-americana que colocou EUA e Espanha em lados opostos do campo de batalha.
Mais uma vez Caleb Carr demonstra grande habilidade na recriação do passado, tanto das ruas mais sórdidas quanto a dos salões mais elegantes de Manhattan. Uma sociedade que jantava no Delmonico’s e passava férias em Saratoga, um lugar que escondia pistas sobre a identidade do criminoso. Um romance empolgante com uma reconstituição impecável e cativante da Nova York da virada do século.

Sobre o autor: Caleb Carr nasceu em Manhattan e cresceu no Lower East Side, onde vive até hoje. Formou-se em história e é autor de diversos trabalhos sobre história militar e política dos EUA. É o consagrado autor do sucesso de vendas O alienista.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

BlogBlogs.Com.Br

Historias de Amor Ardente - Louise Erdrich

Minha opinião: Poxa vida! demorou muito mas consegui terminar esse livro, eu o comecei a ler pela primeira vez a uns 3 anos átras, mas não consegui passar da metade do livro. Mas faz uns quatro dias que decidi ler novamente, comecei do começo e bem... tive sérios problemas para dar continuidade ao livro, por que a história sinceramente não me atraíu, mas finalmente terminei. O livro se desenrola contando diversas histórias mas sempre com um personagem em comum: Jack. Jack não tem nada de galã ou charmoso, pois ele é grosseiro e de certa maneira diferente em cada momento da história, pois ele é  visto de acordo com cada uma das suas ex-esposas, (e olha que são cinco)! Nossa, as vezes fica uma confusão, somente depois da metade do livro que eu consegui articular todos os personagens e comecei a prestar mais atenção na história que não é de todo ruim. Tem algumas narrativas que são interessantes como a que ele briga com o cachorro de uma das ex-mulheres dele, que na época ainda não era, olha um trechinho dessa parte:

"Inicialmente, a visão daquilo tudo, o cão, o homem carregando a pistola, não me tocou, a não ser pelo fato de eu ter ficado chocada por deixarem as pessoas atirarem em ratos aqui. Quero dizer, isso foi o que logo pensei. Tais práticas eram perigosas. Eu não ia intervir, mas naquele momento não reconheci Jack do segundo grau. Ele falou energicamente, comandando o cão, que lhe dirigiu olhar desdenhoso, aproximou-se dele e ergueu a perna contra o seu joelho. Quando chutou o cão, este sentou-se à frente dele e olhou para cima, aguardando.
Jack disse:
-Muito bem. Muito bem. Seu filho da puta. Fique sentado aí, garoto cachorrento.
Jack tirou um biscoito do bolso e o deu ao cão e, em seguida enquanto ele comia, dobrou o braço e apoiou a pistola no antebraço. Deu um passo para trás e apontou.
Me encostei na janela do carro e buzinei. Jack olhou à sua volta até me enxergar e acenei para que me esperasse. Entrei no carro e dirigi dezoito metros até ele.
(...)
Amavelmente, perguntei-lhe o que ia fazer, e me disse, também amavelmente, que ia atirar no cão, quando o interrompi. Como eu estava passando?
Perguntei:
- O cão fez alguma coisa errada?
Como resposta, Jack aproximou-se, abaixou a arma, e a jogou no capô do meu carro, perto da minha cabeça. Em seguida, enrolou a perna da calça e me mostrou a grande bandagem de gaze.
- Quinze pontos."

Outras partes também foram interessantes... mas não foi um livro que me prendeu, mas não é ruim.

Resumo: Eleanor é sensual e inteligente; Candice, fria e profissional; Marlis, ingênua e carente; Dot, prática e agressiva. Quatro mulheres que não têm nada em comum além do fato de terem sido casadas com o mesmo homem: Jack Mauser, um empreiteiro falido, grosseiro e inseguro, que não deixou de manter relacionamentos estáveis depois que viu sua primeira mulher, uma índia, morrer congelada na noite de núpcias. Presas dentro de um carro em uma estradinha vicinal durante uma nevasca, as quatro decidem compartilhar suas venturas e desventuras no terreno da paixão. De seus relatos ora trágicos, ora cômicos, ora tensos, mas sempre emocionados, é composto HISTÓRIAS DE AMOR ARDENTE, de Louise Erdrich.

Ao contrário do consultório de um analista, com decoração sóbria e um divã relaxante, um automóvel cercado de gelo está longe do que pode se chamar de um clima intimista. Mas é neste confessionário inusitado que as quatro mulheres descobrem que amar Jack mudou as suas vidas de uma forma muito particular. Elas contam como foram cortejadas, a experiência da frustração e a sensação de abandono. Aos poucos, rancores, decepções, desejos reprimidos e lembranças dolorosas vão sendo divididos num processo catártico que permite a cada uma entender sua contribuição para a trajetória de Jack.
Com diálogos cáusticos e inteligentes, Louise Erdrich constrói um romance audacioso, forte e sofisticado. Ela é autora dos elogiados Tracks, A rainha da beterraba e A coroa de Colombo, que escreveu junto com o marido, Michael Dorris. Seu primeiro romance, Feitiço de amor, recebeu o prêmio National Book Critics Circle para obras de ficção. Também é autora de duas antologias poéticas, Jacklight e Baptism of Desire, e de um livro de memórias, The Blue Jay’s Dance."

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Memória de Minhas Putas Tristes - Gabriel Garcia Marquez

                                                         Minha opinião: Já faz um tempo que eu li esse livro, eu ganhei um vale presente de uma livraria das minhas amigas da faculdade: Carina, Késia e Flávia e decidi trocar por esse livro que na época era um dos mais vendidos. Eu me lembro que o li rapidamente, são pouquíssimas páginas então é muito fácil e rápida a leitura. A história é interessante, o senhor que faz o papel principal mostra um amor que não precisa do toque, mas somente do sonho, do desejo, do amor. A melhor parte do livro eu achei que foi a parte de ciúme dele para a sua garota, tão mais jovem que ele. Essa garota também me pareceu muito interessante, não existe fala, não existe texto e isso que me pareceu tocante, já que ela existe nos seus desejos.



É um livro bonito...

Resumo: "Primeira obra de ficção de Gabriel Garcia Márquez em dez anos, Memória de Minhas Putas Tristes é uma jóia narrativa. Um conto de fadas: sentimental, implacável, sábio e irônico. Lançado mundialmente em espanhol no final de 2004, o romance já ultrapassa um milhão de exemplares vendidos e chega ao Brasil com a tradução de Eric Nepomuceno - vencedor do Jabuti 2004 pela tradução de Viver para Contar. Ao revelar a história de um velho jornalista que decide comemorar sus noventa anos com uma noite de amor com uma jovem virgem, Garcia Márquez constrói um hino de louvor à vida e, por extensão, ao amor, já que um não existe sem o outro no imaginário do Prêmio Nobel de Literatura de 1982."

domingo, 10 de janeiro de 2010

Por Amor - Sue Miller


Minha opinião: Acabei de ler esse livro, que conta a história de Lottie uma mulher de quarenta anos que vai para a sua cidade natal reformar a casa de sua mãe que se encontra em um asilo, nesse local ela avalia a sua relação com o recém marido e descobre mais sobre ela e sobre sua família.
O começo do livro começa devagar e assim continua, a autora repete muito, as mesmas falas e pensamentos, isso deixa o livro cansativo. Porém em certo momento, até que dá uma alavancada com a história do irmão dela o Cameron, dando uma emoção, mas eu achei que ele termina como começa, devagar demais.
Eu vou tentar encontrar outro livro da autora para ver se é assim mesmo...

Resumo: "Por Amor conta a história de Lottie Gardner, seu irmão Cameron e sua amiga de infância Elizabeth, que vão passar juntos o verão em sua cidade natal Cambridge, Massachusetts, após anos de separação. Desmontar a casa da mãe para colocá-la à venda e ver reacender o romance entre Cameron e Elizabeth reconduzem Lottie ao passado, assim como a forçam a considerar o futuro de seu próprio novo casamento. A invasão de uma tragédia inesperada e sem sentindo, independente da vontade desses três personagens, faz Lottie examinar as consequências de tudo que fez, e ainda fará, por amor."

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

História da Noite - Colm Tóibín

 Minha opinião: Quando eu comecei a ler esse livro eu me deparei com um algo muito diferente do que estava acostumada, primeiro porque a historia se inicia em torno de Richard relatando sua homossexualidade sem nenhum pudor ou preconceito, ou seja, não se parece com os romances super romanticos que eu andei lendo nas ultimas semanas, acho que por isso me choquei no começo.
Mas após esse choque inicial eu consegui perceber a profundidade do livro. Além também de contar com o desenrolar trazendo a guerra na Argentina tornando o livro muito rico, e acredito que foi uma experiencia interessante lê-lo.
Para quem gosta do genero é uma boa pedida, mas quem gosta de romances mais suaves acho melhor deixar de lado...
                      
Resumo: "Fim dos anos de chumbo. A Argentina agora está mudando. O início do processo de privatização, a instabilidade de uma democracia jovem e o entrave político causado pela Guerra das Malvinas fazem com que a elite da diplomacia americana seja enviada ao país como uma espécie de Conselho, procurando preservar os interesses estratégicos dos Estados Unidos na transição da ditadura militar para o regime civil. Richard começa a prosperar profissionalmente trabalhando como consultor e tradutor, mas sua vida continua incompleta. É então que conhece Pablo, e sua vida adquire rumos tão significativos quanto os do país em que vive. 'História da Noite' é um retrato fascinante da Argentina durante os anos de transição - a corrupção do velho Estado; a manipulação, por uma superpotência, de um país em dificuldades; a questão dos desaparecidos políticos. É um romance corajoso e tocante que confirma o talento de Colm Tóibín como um dos escritores mais refinados de sua geração."

Mudança de Clima - Hilary Mantel

                                                       Minha opinião: Comecei a ler esse livro ontem de manhã e hoje o terminei. No começo eu tive dificuldades para acompanhar a história, tive vontade de parar de ler,  já que fiquei um pouco confusa com a sequencia, a autora coloca presente e passado se intercalando e isso foi um pouco dificil no começo, mas depois eu consegui me adaptar ao modo de escrita da autora e gostei do livro, me envolvi com as angústias e com as indas e vindas. E também achei muito interessante os personagens que são muito verdadeiros e como a autora coloca a forma em que os segredos são guardados e tratados de acordo com cada pessoa e como elas lidam com as situações que acontecem com elas e quando acontecem com outras pessoas.
O Romance se desenrola em torno de Ralph e Anna, a autora mostra cenas desde antes deles se conhecerem, o inicio de casamento na Africa do Sul e depois com seus quatro filhos, acredito que essas indas e vindas na história são muito importantes para dar um entendimento melhor onde se quer chegar.
Para quem gosta de romances essa é uma boa pedida, não se pode esperar muito e acho que por isso que ele se torna bonito, eu pelo menos achei que não era nada bom, mas me peguei pensando nas cenas do livro depois que fechava ele, e isso é um bom sinal... eu pelo menos acho.

Resumo: "Sexto romance da autora britânica Hilary Mantel, Mudança de clima foi o romance mais citado pelos críticos literários britânicos em 1994. O livro recria a atmosfera ao mesmo tempo fascinante e assustadora da África do Sul. O casal de missionários ingleses Ralph e Anna Eldred é enviado para uma estação isolada na zona rural, onde procura construir uma rede de relações. Uma tragédia os faz voltar ao país natal, levando um segredo. Anos mais tarde, quando uma das caridades de Ralph novamente expõe sua família ao perigo, o segredo vem à tona."
 

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

O Canto do Passaro - Sebastian Faulks

                                            Minha opinião: Eu acabei de ler esse livro ontem, e é a primeira vez que eu leio um livro de guerra, o que realmente foi interessante... Eu o li porque o comprei por apenas 5 reais, pode? nas livrarias o preço chega ao absurdo de 60 reais...bem...mas vamos a história...


A história fala de um homem chamado Stephen no ano de 1910 que vai para a inglaterra a mando de seu patrão para estudar mais sobre comercio textil, bem o inicio do livro começa com o romance dele com a mulher de seu anfitrião, uma paixão que as vezes nos deixa sem folego, já que torcemos para que ele não seja pego pelo seu anfitrião... Mas Stephen não se parece com os costumeiros galãs, ele é mais real, o que torna o livro mais interessante. Em outro momento do livro Stephen vai para a guerra, e ao autor não peca nas descrições, tornando essa parte do livro um tanto que intenso e emocionante...

Gostei do livro, confesso que demorei um pouco para ler,  mas é bom.


Resumo: "O aluguel de um quarto é o estopim das transformações pelas quais Wraysford terá que passar. Seu anfitrião, Azaire, é um fabricante próspero, unido em segundas núpcias com Isabelle, madrasta de seus filhos adolescentes. Encantado pela bela mulher de cabelos presos, pele clara e olhar inquieto, o jovem inglês vê, repentinamente, suas prioridades invertidas. Ele agora está em Amiens não pelo seu futuro profissional, mas pelo presente, pela paixão. Wraysford e Isabelle se envolvem de forma quase obsessiva. Ela deixa o marido, mas depois, grávida e amargurada, decide-se pela segurança de um casamento estável, ainda que sem amor.
Desiludido, Wraysford retorna à Inglaterra, e só põe os pés novamente em Amiens anos mais tarde, durante a Primeira Guerra Mundial, como tenente. Transformado pelo passado num homem solitário e taciturno, ele inspira a admiração dos companheiros de batalha na claustrofobia fétida das trincheiras. E é durante uma batalha sangrenta na Alemanha que ele reencontra Isabelle.
A guerra não é terreno inexplorado na ficção, mas Faulks se apossa dela de modo tão apaixonado e intenso, que sua narrativa certamente pode ser classificada como um tour de force comovente e inesquecível. Sua prosa é elegante e freqüentemente poética. Quarto romance do autor, O CANTO DO PÁSSARO permaneceu por mais de nove meses na lista dos livros mais vendidos da Inglaterra. Faulks trabalhou como jornalista durante 14 anos até se dedicar com exclusividade à literatura, em 1991. É autor de A Fool’s Alphabet, The Girl at the Lion d’Or."

Internet: "Irresistível e belo... ambicioso, violento, comovente, perturbador... Um grande romance." — The New Yorker
"Soberbo... implacável, imparcial e genuinamente catártico." — The New York Times Book Review
"Os relatos do combate, que vibram com credibilidade e autenticidade, estão entre os melhores que já li." — Los Angeles Times Book Review "

Dan Brown

Nessas férias eu decidi ler dois livros de Dan Brown o PONTO DE IMPACTO e FORTALEZA DIGITAL.



FORTALEZA DIGITAL


Minha opinião: Gostei desse livro, fazia tempo que não lia um suspense e eu gosto da forma como Dan Brown escreve, colocando um friozinho na barriga no fim de cada capitulo, o suspense percorre cada linha desse livro. Os personagens são interessantes tanto a principal que é a Susan Fletcher que é a Chefe de Departamento de Criptografia, como os outros personagens que são muito bem elaborados pelo autor. Gostei e recomendo para quem gosta do genero.

Resumo: "Antes de estourar no mundo inteiro com O Código Da Vinci, Dan Brown já demonstrava um talento singular como contador de histórias no seu primeiro livro, Fortaleza Digital, lançado em 1998 nos Estados Unidos.
Muitos dos ingredientes que, anos depois, fariam com que o autor fosse reconhecido como um novo mestre dos livros de ação e suspense já estavam presentes no seu romance de estréia: a narrativa rápida, a trama repleta de reviravoltas que prendem o leitor da primeira à última página e o fascínio exercido por códigos secretos, criptografia e enigmas misteriosos.
Em Fortaleza Digital, Brown mergulha no intrigante universo dos serviços de informação e ambienta sua história na ultra-secreta e multibilionária NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, mais poderosa do que a CIA ou qualquer outra organização de inteligência do mundo.
Quando o supercomputador da NSA, até então considerado uma arma invencível para decodificar mensagens terroristas transmitidas pela Internet, se depara com um novo código que não pode ser quebrado, a agência recorre à sua mais brilhante criptógrafa, a bela matemática Susan Fletcher.
Presa numa teia de segredos e mentiras, sem saber em quem confiar, Susan precisa encontrar a chave do engenhoso código para evitar o maior desastre da história da inteligência americana e para salvar a sua vida e a do homem que ama.
Uma corrida desesperada se desenrola paralelamente nos corredores do submundo do poder, nos arranha-céus de Tóquio e nas ruas de Sevilha. É uma batalha de vida ou morte que pode mudar para sempre o equilíbrio de forças no mundo."
"Fortaleza Digital é o melhor e mais realístico suspense tecnológico lançado em muitos anos. A habilidade de Dan Brown para tratar do conflito entre as liberdades individuais e as questões de segurança nacional é impressionante... Impossível não ficar arrepiado a cada página."

PONTO DE IMPACTO


                                                            Minha opinião: Seguindo o estilo de Dan Brown, Ponto de Impacto é outro livro que nos envolve com as descrições precisas dos ambientes como também das situações nas quais os personagens percorrem. nesse livro a história percorre o centro politico dos EUA e a NASA, outro livro que recomendo... muito bom...


Resumo: "Quando um novo satélite da NASA encontra um estranho objeto escondido nas profundezas do Ártico, a agência espacial aproveita a descoberta para contornar uma série crise econômica e de credibilidade, gerando sérias implicações para a política espacial norte-americana e, sobretudo, para a iminente eleição presidencial.
Com o objetivo de verificar a autenticidade da descoberta, a Casa Branca envia a analista de Inteligência Rachel Sexton para o local. Acompanhada por uma equipe de especialistas, incluindo o carismático pesquisador Michael Tolland, Rachel se depara com indícios de uma fraude científica que ameaça abalar o planeta com uma profunda revelação.
Antes que Rachel possa falar com o presidente dos Estados Unidos, ela e Michael são perseguidos por assassinos profissionais controlados por uma pessoa que é capaz de tudo para encobrir a verdade. Em uma fuga desesperada para salvar suas vidas, a única chance de sobrevivência para Rachel e Michael é desvendar a identidade de quem se esconde por trás de uma conspiração sem precedentes."

A menina que roubava livros - Markus Zusak

Minha opinião: Eu li poucos livros nos ultimos tempos, mas eu me lembro muito bem desse livro que vou postar agora...

Bem...primeiro por que esse livro estava como um dos mais vendidos, e sem pensar muito achei que esse seria um livro interessante, então reservei na biblioteca e comecei a ler e não parei mais. É um livro que fala sobre a segunda guerra mundial, ao contrário de muitos outros que falam sobre esse período, ele não passa nos campos de concentração, mas dentro de um casa e acompanhando uma menina. O interessante desse livro é que ele é narrado pela morte, ela que conta a história.
Eu gostei muito mesmo desse livro, é delicado e denso ao mesmo tempo, fazia tempo que não lia um livro tão bom, isso me deixou empolgada a ler mais, acho que o que mais me marcou nesse livro foi como o autor mostra a amizade, que me fez até chorar... confesso.



RECOMENDO!

Resumo: "Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em A Menina que Roubava Livros, livro há mais de um ano na lista dos mais vendidos do The New York Times. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, O Manual do Coveiro. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar. Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhece-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena."

Nunca Desista de Seus Sonhos - AUGUSTO CURY

Minha opinião: Mais um livro de auto ajuda que eu ganhei, como eu disse anteriormente, adoram me dar esses livros...bem...talvez tenha uma explicação...

Mas esse livro é um livro bonitinho, cheio de histórias de lição de vida, é bonito sim, dá uma alegria momentânea, dá! Para quem gosta de livros de lição de vida e auto ajuda, tenho certeza que vai adorar esse livro, por que de certa forma ele é legal e bonito. E num mundo tão cheio de coisas ruins , as vezes faz bem ler um livro assim, que traz coisas bonitas....


Resumo: "Com mais de um milhão de livros vendidos sobre temas como crescimento pessoal, inteligência e qualidade de vida, o psiquiatra Augusto Cury debruça-se aqui sobre nossa capacidade de sonhar e o quanto ela é fundamental na realização de nossos projetos de vida. Os sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer. Se os sonhos são pequenos, nossas possibilidades de sucesso também serão limitadas. Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100 % das vezes. Analisando a trajetória vitoriosa de grandes sonhadores, como Jesus Cristo, Abraão Lincoln e Martin Luther King, Cury nos faz repensar nossa vida e nos inspira a não deixar nossos sonhos morrerem"

Operação Cavalo de Tróia - J.J. BENITEZ

Minha opinião: Bem... em umas das minhas férias, eu decidi ler uns livros que fazia muito tempo que eu queria ler, então peguei na biblioteca, o volume 1 da coleção Operação Cavalo de troia; eu havia ouvido falar muito sobre esse livro, coisas muito boas...e eu adoro recomendação entusiasmada de quem já leu determinado livro e depois nos conta emocionado...e esse foi um desses livros.
A história basicamente fala de cientistas que descobrem uma máquina do tempo, e decidem ir para a época de Jesus Cristo, e lá eles vivem do lado de Jesus e um desses aventureiros, denominado Jasão, que é um nome falso, escreve a história dessa época em que ele viveu na época de Cristo.
Até aí tudo bem, poderia ser mais uma história qualquer, mas não é assim. Lembrando que são livros de ficção fantastica! mas que relatam um Jesus tão próximo, tão bom, tão maravilhoso...na verdade a palavra seria...Real.

Independente de religião, é um livro para se ler e se emocionar...porque é muito bom...

Bem...as unicas coisas que as vezes me incomodou no livro foi que, o autor é muito detalhista e as vezes cansa, mas acho que como ele tem estudos daquela época, ele quer colocar as coisas que ele sabe , para se tornar mais verdadeiro...e outra coisa é que em muitas partes do livro, ele adianta o que vai acontecer...por exemplo, aparece um buraco no caminho, ai ele diz...esse buraco trará muitos problemas ruins...é um exemplo... ele sempre faz isso...Mas as partes em que ele relata a vida de Jesus, de como foi a infância dEle, de como Ele era, de como era a familia dEle supera e compensa tudo, é um Jesus tão, mais tão próximo que se duvidar podemos até toca-lo...

Eu li até agora apenas até o volume 8 , que é os que tinha nas bibliotecas, alias, esses livros tem na maioria das bibliotecas...muito fácil de se achar... só o volume 7 e 8 eu tive que comprar.


Aqui está um trecho do volume 6:

"Não, com Ele, nada era estranho. Éramos nós que não conhecíamos bem. éramos nós que havíamos forjado uma imagem falsa, distante, erroneamente solene daquele carinhoso, espontâneo, muito íntimo e quase infantil Jesus de Nazaré.
E, repito, de improviso, o Mestre mostrou-se tal como era.
De novo parou. Apontou para o alto e, com o rosto grave, anunciou:
- O último lava a louça!...
Soltou uma gargalhada e, dando meia volta, saiu correndo ladeira acima.
Eliseu e eu, atônitos, precisamos de uns segundos para reagir.
O engenheiro, entendendo finalmente, saiu atrás dEle, passando a perna neste tonto explorador.
Pouco depois, ferido no amor próprio, feliz, impulsionado por aquela "força" que continuava dentro de mim, puxei pela esgotada musculatura, numa vã tentativa de alcançá-los.
Este era o Mestre. O autêntico Filho do Homem." (Pg. 359. vol 6.)


Resumo: "Operação Cavalo de Tróia é uma ficção composta de oito livros escrita pelo autor J. J. Benítez que narra uma viagem em uma máquina do tempo criada pela NASA. A viagem é chamada de Operação Cavalo de Tróia e, num primeiro momento tem todas as características de uma operação militar.
Um major, de nome não revelado, e um piloto voltam no tempo até a época de Jesus Cristo e presenciam os fatos mais marcantes da Sua vida. Fornecem, também, dados da sociedade da época: costumes, leis (principalmente as leis do judaismo), crenças (judaicas e pagãs, geografia, ambiente, etc. O major, que durante a viagem adota o nome de Jasão, é escolhido para a operação pelo seu ceticismo e imparcialidade, mas quando encontra Jesus – o Mestre – é tocado profundamente por sua mensagem e a narrativa ganha um tom delicado e humano.
Na vida real, o autor, quando questionado a respeito de suas fontes de informação, esquiva-se com a frase que aparece no prefácio do primeiro livro: “Se eu contasse a verdade, ninguém acreditaria.”
Os detalhes da vida de Jesus, assim como as conversas onde Ele fala abertamente sobre sua origem divina e sobre o que é a sua missão na Terra, deixam claro que a Igreja Católica teria passado longe da mensagem original. A diferença entre os acontecimentos presenciados pelo Major e os narrados nos textos sagrados é enorme, mas compreensível. Segundo as próprias observações da personagem, os evangelistas nem sempre estavam presentes aos acontecimentos que narraram anos depois e, mesmo quando estiveram, sua formação cultural não permitia que compreendessem totalmente os acontecimentos.
Segundo esta obra, a mensagem de Jesus fala de um Deus-pai – sempre bom e generoso. Um Deus que não exige templos nem rituais. Algo que precisa ser vivenciado para ser compreendido, e que não pode ser comprovado, como desejavam os militares (e a ciência)."

Se quiser mais detalhes dos livros entrem no site do autor:
http://www.benitez.com.br/benitez/cavalo4.asp

Diário de Anne Frank - ANNE FRANK

                                  Minha opinião: Eu sempre quis muito ler esse livro e tinha uma grande expectativa sobre ele, por que além de ter uma história comovente, é um fato real, e ao lê-lo voltei para a época de quando tinha 13 anos, os mesmos pensamentos, mesmo vivendo histórias tão diferentes. Anne Frank era uma garota comum para sua idade, mas que descreve como ela passou esse tempo trancanda em um esconderijo, com sua e mais outra familia.

É um livro interessante, acho que não é para ler direto, por que como toda garota tem crises com a mãe, irmã, e ela relata isso muitas vezes, deixando um pouco cansativo, mas as partes em que ela relata viver naquele ambiente compensa. É ler esse livro é lembrar também de como o ser humano pode ser, e o que as pessoas sentem em uma guerra.


Resumo: "Escondida com sua família e outros judeus em Amsterdam durante a ocupação Nazista na Holanda, Anne Frank com 13 anos de idade conta em seu diário a vida deste grupo de pessoas.
Em 4 de agosto de 1944, agentes da Gestapo detém todos os ocupantes que estavam escondidos em Amsterdam e levam-nos para vários campos de concentração. No mesmo dia da prisão dos pais de Anne, entregam o diário dela para o pai Otto Heinrich Frank. Anne Frank faleceu no campo de concentração Bergen-Belsen no fim de fevereiro de 1945.
Otto foi o único dos escondidos que sobreviveu no campo de concentração. Em 1947 o pai decide publicar o diário, como Anne desejava em vida. O diário está no Instituto Holandês para a Documentação da Guerra. O Fundo Anne Frank (na Suíça) ficou como herdeiro dos direitos da obra de Anne Frank. O pai Otto Heinrich Frank faleceu em 1980.
Na apresentação à primeira edição americana do diário, Eleonor Roosevelt descreveu-o como "um dos maiores e mais sábios comentários da guerra e seu impacto no ser humano que eu jamais lí". O Soviético escritor Ilya Ehrenburg mais tarde disse: "uma voz fala para seis milhões; a voz não de uma sálvia nem um poeta, mas de uma menininha costumeira." Hillary Rodham Clinton, em sua fala para o Elie Wiesel Humanitarian Award em 1994, lê o diário de Anne Frank e o relaciona com acontecimentos contemporâneos como em Sarajevo, Somália e Ruanda.
Depois que receber um prêmio humanitário da Fundação Anne Frank em 1994, Nelson Mandela chamou uma multidão em Johannesburgo, dizendo que ele tinha lido o diário de Anne Frank enquanto estava na prisão e que o "derivou muito estímulo." Sua luta contra o nazismo e o apartheid, explicando o paralelo entre as duas filosofias: "porque estas crenças são patentemente falsas, e porque eram, e sempre serão, desafiados por gente como Anne Frank, eles estão no limite do fracasso."

Tem filme desse livro



titulo original: (The Diary of Anne Frank)

lançamento: 1959 (EUA)
direção: George Stevens
atores: Millie Perkins , Joseph Schildkraut , Shelley Winters , Richard Beymer , Gusti Huber
duração: 180 min
gênero: Drama

Como é que Chama o Nome Disso - ARNALDO ANTUNES

                                     Minha opinião: Para quem gosta de poesia, música e arte ou chistes, não pode deixar de ler esse livro, ou melhor, ter ele na estante, um livro maravilhoso, bonito, bem feito, que traz muita coisa legal.


Eu gosto muito do Arnaldo Antunes, por que ele sempre me surpreende com suas músicas, textos, poesias...e esse livro é um arraso...tem uma poesia que traz um chiste muito legal, que é assim:

"quem?
mim-
guém?"

ou
"Estou cego a todas as músicas,
Não ouvi mais o cantar da musa.
A dúvida cobriu a minha vida
Como o peito que me cobre a blusa.
Já a mim nenhuma cena soa
Nem o céu se me desabotoa.
A dúvida cobriu a minha vida
Como a língua cobre de saliva
Cada dente que sai da gengiva.
A dúvida cobriu a minha vida
Como o sangue cobre a carne crua,
Como a pele cobre a carne viva,
Como a roupa cobre a pele nua.
Estou cego a todas as músicas.
E se eu canto é como um som que sua."


Otimo né????

E traz além desses, muitas coisas boas, como letras de música e outros...
Quem quiser pode dar uma espiada no site dele, em que tem os outros livros dele....
http://www.arnaldoantunes.com.br/

resumo: "Um dos maiores nomes da música popular brasileira da atualidade, Arnaldo Antunes é também um nome de referência da nossa poesia mais recente, assim como das artes visuais. Não existe uma palavra fácil para descrever um artista múltiplo assim; e um livro como esse também não tem gênero definido: Como É que Chama o Nome Disso reúne os melhores poemas, ensaios, letras de música e caligrafias, acrescidos de um livro inédito de poemas e de uma longa entrevista (com Arthur Nestrovski, Francisco Bosco e José Miguel Wisnik), além de um ensaio introdutório (de Antonio Medina Rodrigues)"

ESPECIAL: A Psicanálise dos Contos de Fadas - BRUNO BETTELHEIM

                                   Minha opinião: Esse livro é muito bom, e por isso eu resolvi falar dele aqui, já que não é um romance. Mas o autor traz através do olhar psicanalitico os contos de fada, a importancia desses contos para as crianças, e o que eles representam.
Para quem gosta de contos de fada, ou tem filhos e conta essas historias, ou apenas quer saber mais, vai se encantar com esse livro. é um livro que vale a pena dar uma olhada... eu já li esse livro várias vezes e usei ele no meu trabalho de conclusão de curso, ótimo.

Resumo: "Em A Psicanálise dos Contos de Fadas , Bruno Bettelheim faz uma radiografia das mais famosas histórias para crianças, arrancando-lhes seu verdadeiro significado. O autor mostra as razões, as motivações psicológicas, os significados emocionais, a função de divertimento, a linguagem simbólica do inconsciente que estão subjacentes nos contos infantis."

O Homem Fatal - IRENE FRAIN

                                      Minha opinião: Esse é um livro que mistura um suspense, com fantasias e etc... Não posso dizer que é o melhor livro que eu li do genero, mas é interessante e
     a história e o enredo também são bons.

Resumo: "Juliet era bibliotecária. Steiner se passava por psiquiatra. Ela sabia decifrar ideogramas chineses. Ele conhecia as técnicas para conduzir as mulheres além da razão. O interesse comum em um manuscrito raro e antigo - O Tratado do chá - é o ponto de partida para um relacionamento perigoso: sem perceber, Juliet se envolve com um psicopata cuja arma é o poder de manipular a mente de suas vítimas, levando-as ao suicídio.
Este Romance e uma Envolvente Combinacao de Paixao e Suspense, na Qual a Autora Irene Frain Revela o Paradoxo Entre a Ambicao e a Fragilidade Humanas."

Na trilha de Lagoa Santa - Henrik Stangerup

                                              Minha opinião: Esse livro é aquele que você tem que gostar do assunto para continuar a ler, por que ele é muito detalhista (que chega a cansar), e se não gostar do assunto, acaba desistindo. Mas conta uma história interessante sobre a descoberta de ossos humanos com mais de 20 mil anos, em Minas Gerais e sobre o cientista que descobriu esses ossos, e como ele se torna uma pessoa depressiva...
O livro traz fatos reais só que narrado em forma de romance.

Resumo: "Em 1842, nas margens da Lagoa do Sumidouro, em Minas Gerais, enquanto explorava a região à procura de fósseis de animais, Peter Wilhelm Lund encontrou ossadas humanas com mais de 20 mil anos de idade. A descobertda do "homem de Lagoa Santa", como ficou conhecido na época, provocou celeuma no mundo científico. O naturalista, um dinamarquês radicado no Brasil, entrou para a história como o pai da paleontologia brasileira.
Mas, além destes fatos bastante conhecidos, o que mais se sabe sobre a vida de Lund? Por que um cientista de renome internacional abandonaria as pesquisas dois anos depois de sua mais importante descoberta? Por que teria escolhido viver em Lagoa Santa até sua morte, em 1880, aos 79 anos? Henrik Stangerup oferece algumas respostas em NA TRILHA DE LAGOA SANTA, resultado de minuciosas pesquisas, sobretudo nas cartas escritas pelo cientista à própria família e a figuras representativas da sociedade científica. O livro traça um painel do que foi a vida de Lund, realizando com sucesso uma tarefa praticamente impossível: transformar uma biografia em romance, sem perder o melhor do que cada gênero oferece.
NA TRILHA DE LAGOA SANTA revela um homem que se viu tomado por uma profunda depressão ao constatar que suas descobertas científicas contrariavam sua fé protestante e positivista. É a história de um conflito, da busca por identidade, na qual o homem e o cientista estão costurados um no outro. E é essa figura dicotômica — e tão importante para o Brasil — que Stangerup restitui neste livro."

Amor de Perdição - CAMILO CASTELO BRANCO

                                Minha opinião: Eu não poderia deixar de citar esse grande livro, eu confesso que enrolei muito para ler, eu achei que seria tão sem graça. Mas me enganei eu gostei muito, é um romance bonito.


Resumo: "Amor de Perdição é uma novela romântica inspirada em Romeu e Julieta, de Shakespeare. É considerado uma obra-prima da ficção de língua portuguesa. Simão Botelho e Teresa de Albuquerque estão enamorados, mas suas famílias fazem da separação de ambos uma questão de honra. Simão é enviado para Lisboa e Teresa é presa em um convento por não aceitar o casamento com Baltasar Coutinho, um fidalgo. Simão retorna a Viseu, local onde ocorre o romance, decidido a resgatar Teresa do convento. Escondido na casa de um ferrador, pois sua família não aceita o romance, Simão, tem a proteção da filha do propietário da casa, Mariana, que acaba se apaixonando por ele."

Estação Carandiru - DRAUZIO VARELLA

                               Minha opinião: Já faz algum tempo que eu li esse livro, mas o estava relendo um dia desses, e decidi colocar aqui, apesar de muita gente já ter lido, vale a pena lembrar que é um livro muito bom. E para quem não leu, não pode perder a chance de ler um grande livro, como esse. Vale muito a pena...

Resumo: "Com mais de 7200 presos, a Casa de Detenção de São Paulo é o maior presídio do país. Está situada no bairro do Carandiru, a dez minutos da praça da Sé, marco zero da cidade. Construída na década de 20, é um conjunto arquitetônico formado por sete pavilhões, cada um com cinco andares. Neles há corredores que chegam a cem metros de comprimento. Os presos passam o dia soltos e são trancados à noite. Só o pavilhão Cinco abriga 1700 prisioneiros, mais de seis vezes a população carcerária do presídio americano de Alcatraz, desativado nos anos 60. Em 1989, o médico Drauzio Varella iniciou na Detenção um trabalho voluntário de prevenção à AIDS. Seu relato neste livro tem as tonalidades da experiência pessoal: não busca denunciar um sistema prisional antiquado e desumano; expressa uma disposição para tratar com as pessoas caso a caso, mesmo em condições nada propícias à manifestação das individualidades. Na cidadela do Carandiru, Drauzio conheceu pessoas como Mário Cachorro, Roberto Carlos, Sem-Chance, seu Jeremias, Alfinete, Filósofo, Loreta e seu Luís. Não importa a pena a que tenham sido condenados, todos seguem um rígido código penal não escrito, criado pela própria população carcerária. Contrariá-lo pode equivaler à morte. Estação Carandiru fala dessas pessoas, das formas que encontram de viver."

Tem filme desse livro... e todo mundo já sabe né?

titulo original: (Carandiru)

lançamento: 2003 (Brasil)
direção: Hector Babenco
atores: Luiz Carlos Vasconcelos , Mílton Gonçalves , Aílton Graça , Maria Luísa Mendonça , Aída Lerner
duração: 148 min
gênero: Drama

Uma Carta de amor - Nicholas Sparks

                                                          Minha opinião: Mais um romance! Muita gente já deve ter assistido o filme baseado nesse livro, por que tinha o Kevin Costner e blá,blá,blá....Mas se não assistiu deve ler o livro, ou se assistiu também por que não ler o livro? que na minha opinião, não tem nada haver com o livro, por que o livro é muito bonito, já o filme...bem eu acho que deixa muito a desejar, talvez por que eu li o livro e depois assisti o filme, e o livro é muito melhor. Esse livro é do mesmo autor do "Caderno de Noah" que também é um otimo romance, eu gosto desse autor por que os romances são muito bonitos.
Resumo: "Ao lançar O Caderno de Noah, seu primeiro livro, em 1996, Nicholas Sparks teve sua vida drasticamente transformada. Da noite para o dia, o representante farmacêutico, então com 30 anos, tornou-se milionário. Sua história de amor passada ao longo de seis décadas comoveu os americanos e o livro imediatamente entrou para a lista do New York Times. Com seu segundo livro, UMA CARTA DE AMOR, que a Objetiva lança no Brasil, Sparks conseguiu superar-se. O romance vendeu mais de dois milhões de exemplares e virou filme homônimo estrelado por Kevin Costner, Robin Wright e Paul Newman.
Em UMA CARTA DE AMOR, Nicholas Sparks conta a história da jornalista Theresa Osborne, de Boston, que, divorciada há três anos, já não acredita no amor. Com seu filho, ela vai passar as férias em Cape Cod, quando encontra uma garrafa que traz dentro uma tocante mensagem. A carta é destinada à "minha querida Catherine". Comovida com aquela mensagem de amor, Theresa, através de sua coluna no jornal, acaba descobrindo a identidade do misterioso autor: Garrett Blake (vivido nas telas por Costner). Ela segue a pista de Garrett, que há três anos chora o amor perdido, e percebe que ele pode estar pronto a amar novamente. Como ela.
Reunidos pelo acaso, Theresa e Garrett são pessoas cujas vidas estão prestes a se tocar com um propósito, numa história que reflete nossas mais profundas esperanças de encontrar aquele alguém especial e o amor imorredouro. Com suspense e intensidade emocional, Sparks conduz o leitor numa caçada à verdade sobre um homem e as suas lembranças, sobre a dilacerante fragilidade do amor e ao mesmo tempo o seu imenso poder."
Tem filme desse livro
titulo original: (Message in a Bottle)
lançamento: 1999 (EUA)
direção: Luis Mandoki
atores: Kevin Costner , Robin Wright , Paul Newman , John Savage , Ileana Douglas duração: 132 min
gênero: Romance

As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu - MITCH ALBOM

                                     Minha opinião: Para quem gosta de livros que tenham lições de vida, essa pode ser uma boa dica. Na verdade, eu não gosto muito desses livros, mas eu sempre acabo ganhando, acho que as pessoas acreditam que eu precise ler...hum...

Mas esse livro até que é legal, é curto, por isso dar para ler com uma ida ao banheiro (como uma amiga minha a Karla diz), mas repito, para quem gosta é uma boa dica.

Resumo: "As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu conta a história de Eddie, o mecânico de um parque de diversões que morre no dia de seu aniversário de 83 anos, tentando salvar uma garotinha. Imerso numa rotina de trabalho e solidão, ele passou a vida se considerando um fracassado. Ao acordar no céu, encontra cinco personagens inesperados que lhe mostram como ele foi importante. Este livro para cada um de nós, pois freqüentemente nos sentimos frustrado e inúteis - assim como Eddie - por não termos realizado nossos sonhos. Ele nos faz lembrar que vivemos numa ampla teia de ligações e que temos o poder de mudar o destino dos outros com um pequeno gesto. Mitch Albom nos dá mais uma vez uma grande lição sobre a importância da lealdade e do amor em nossas vidas"

Tem filme desse livro

Título no Brasil: As Cinco Pessoas Que Você Encontra no Céu


Título Original: The Five People You Meet in Heaven

País de Origem: EUA

Gênero: Drama

Tempo de Duração: 160 minutos

Ano de Lançamento: 2004

Site Oficial: http://www.hallmarkent.com/property .php?propertyId=MAlbomsFivePeopl

Estúdio/Distrib.: Alpha Filmes

Direção: Lloyd Kramer

A Sereia e o Monge - SUE MONK KIDD

Minha opinião: Decidi ler um livro que eu havia ganhado em uma promoção, ele estava na minha prateleira de livros já fazia um tempo... o nome do livro é A Sereia e o Monge da SUE MONK KIDD. Comecei a ler ele e não consegui parar, por que é um livro com uma história leve e muito boa, não é cansativa....vale a pena pra quem gosta de romance, como eu...

Resumo: "A certa altura do meu casamento, me apaixonei por um monge beneditino". Assim começa este romance envolvente que narra a história de Jessie, uma mulher em crise que, para ajudar a mãe, volta para a ilha exótica onde nasceu reencontrando seu passado, novos questionamentos e uma intensa e proibida paixão. A autora esmiuça, sem clichês, o amor, o casamento, a infidelidade e os desejos da atual mulher madura. Sue Monkk Kidd é uma das escritoras com maior sucesso na atualidade. Este é o segundo livro, ganhador - como melhor livro de ficção - Quills Awards 2005. Ambos encabeçam as listas de mais vendidos em todo o mundo.
Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails