Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Um homem quase perfeito - RICHARD RUSSO

Minha opinião: Um homem quase perfeito do RICHARD RUSSO é um dos livros que não me empolgou muito, e alias um dos que eu mais demorei para ler, acho que eu até parei de ler ele para ler outro livro... na verdade quando eu li a resenha desse livro parecia ser legal, mas eu não achei. A história fala de um homem que é presidente do departamento de inglês de uma universidade, que começa a ter várias crises, achando que sua mulher o trai, tem uma loucura com uma ave... bem tem quem goste, mas eu não gostei muito não...



Resumo: "William Devereaux Jr. é presidente do departamento de inglês de uma universidade sem verbas no cinturão da ferrugem da Pensilvânia. Um anarquista de nascença, jamais imaginou que chegaria o dia em que tivesse de se organizar por questão de sobrevivência. O departamento que lidera está dividíssimo, uma colega furiosa o atinge no nariz, é obrigado a aguentar os arroubos do pai mulherengo, imagina que sua esposa está tendo um caso, sente-se sendo seduzido pela auxiliar, por sinal muito atraente e, como se não bastasse, inadvertidamente ameaça matar um pato na televisão, tornando-se alvo da fúria de grupos preservacionistas. Freqüentemente comparado ao Philip Roth de "Complexo de Portnoy", Russo narra com desenvoltura as pretensões e as lutas internas do mundo acadêmico, ironizando as fraquezas de seus personagens, sem contudo, relegá-los à condição de caricaturas.--por Luiz Chagas"

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails