Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Cidade de Ladrões - David Benioff

Minha opinião: Eu já li diversos romances sobre a segunda guerra, mas esse em especial foi bem diferente, talvez tenha sido pelo tom de descontração que existe devido a um personagem, que mesmo em uma atmosfera difícil, consegue deixar tudo mais... bem, talvez a palavra seja: leve. 
Tudo começa quando um homem deseja narrar a história do seu avô, sendo que ele "desde sempre" soube que seu avô havia matado dois alemães antes mesmo de fazer dezesseis anos; como aqueles fatos que ninguém soube quem disse, mas sabemos que aconteceu.
E aí que começa realmente a narrativa de Lev, um rapaz que mora em Leningrado, na Rússia, uma cidade que estava sitiado pelos alemães durante a segunda guerra e que se vê preso por tentar ajudar uma colega, no entanto, ir preso faz com que seu destino mude para sempre.
Logo na prisão ele conhece um personagem que eu realmente gostei muito, o nome dele é Kolya, um homem que tem um senso de humor muito interessante e que faz com que o livro se torne uma leitura muito agradável. Bem, os dois estão na mesma cela, e aí que acontece algo surpreendente, eles recebem a missão de encontrar uma dúzia de ovos para o bolo de casamento da filha de um coronel russo.
E imaginem a situação? Pois é, e enquanto eles vão em busca desses ovos, a história apresenta os terrores da guerra, que vai do canibalismo à vida em troca de um lugar para ficar; apesar de cenas bem pesadas, o livro não se torna chocante, ele mostra como a guerra pode ser tão violenta mas que ao mesmo tempo as pessoas começam a criar formas de viver e conviver com ela, mesmo que olhando de fora seja tão horrível. 
Gostei muito dos personagens, gostei da narrativa, e acho que é um bom livro para se ler... Ah, e ele é mais um dos livros que ganhei de presente do meu irmão, obrigada!

Resumo: Em "Cidade de Ladrões", um jovem escritor, convidado para escrever um ensaio autobiográfico, decide trocar o relato de sua própria vida pela história do avô, que combateu os alemães durante o cerco a Leningrado, na Segunda Guerra Mundial. Relutante, o avô aceita contar, pela primeira vez, o que ocorreu naqueles dias - uma odisséia de dois jovens determinados a sobreviver a todo custo, em meio ao frio, à fome, à loucura dos oficiais russos e ao perigo iminente do Exército alemão.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails