Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

terça-feira, 13 de março de 2012

Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks


Minha opinião:  Ganhei esse livro de amigo secreto ano passado, e estava pensando se lia ou não, talvez pela minha decepção da ultima leitura com o livro da Meg Cabot... Não sei ao certo, no entanto, decidi ler por que quis dar uma chance para esse romance, e não deu outra, eu gostei. Logico, que o autor não traz muitas novidades nesse livro, o romance se baseia como na maioria dos outros livros, sobre um cara – jovem – que encontra a mulher da sua vida, e claro que o cara é bonito, forte, bacana, interessante, fiel e companheiro... Ou seja, o homem perfeito. Até aí tudo bem, né? Por que quem acompanha os livros do autor sabe que ele escreve assim, é só ler “Querido John” ou “O caderno de Noah” ou mesmo “Noites de Tormenta” para ter uma idéia do que estou falando, e esse livro não é muito diferente.
Mas vamos a história que fala sobre um homem chamado Logan, que lutou no Iraque e que não teve nenhum ferimento em combate e isso provavelmente se deu por um amuleto, ou melhor, uma foto que ele encontrou na areia, depois que ele a encontrou, parece que a sorte se instalou ao seu lado. A questão é que na foto havia uma mulher e foi atras dessa mulher que ele foi atras. Mas não é tão simples assim né? Afinal, ele vai atras dessa mulher – Beth – e nem sabe se ela é casada, solteira, tem filhos, se virou freira ou algo do tipo, ele apenas vai... Ah, e detalhe ele atravessa o país a pé! Sério mesmo...
Olha só, apesar das coisas que não mudam muito nas estórias que o autor cria, não posso deixar de dizer que ele sabe escrevr uma narrativa que prende a sua atenção, que faz você querer você continuar a ler até a ultima linha, não sei bem como ele faz isso, mas eu sei que faz. Por que você torce pelos personagens, se emociona e tem vontade de continuar a ler para saber qual será o desfecho de tudo. O romance, claro, fica em primeiro plano, além de umas pitadas de drama – bem dramatico mesmo em alguns momentos. Em fim, para quem gosta de romance, esse livro é uma boa pedida.

Resumo: “Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografa dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela.” “Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fm de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. (...) Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar.

2 comentários:

MARCINHOW disse...

Eu não gosto muito de romances... mas gosto da escrita do Nicholas Sparks, mesmo todos os livros dele seguindo uma mesma base!

Larissa disse...

Eu gostei muito do seu site.
Amooooo ler! mas confesso que nunca li um livro do N.S. acho que esse vai ser o primeiro...Bjo

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails