Estou lendo: O Projeto Rosie - Graeme Simsion


10 / 223 words. 4% done!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Antes de Morrer - Jenny Downham


Minha opinião: Quer ler um livro triste pra caramba? Aquele que  vire e mexe você fica com os olhos marejados? Pois então tem que ler esse livro, pois ele é desse jeitinho, triste pra burro. Bem, mas também não é para menos, a estória é sobre Tessa uma adolescente de 16 anos - que só conhecemos a partir de um lado melancólico e deprimido dela – Mas não é à toa, não, Tessa tem um câncer incurável e se vê diante da morte, e também diante de diversos procedimentos doloridos para lidar com essa doença. Imaginem uma adolescente que espera tanto pela frente, que sempre busca o futuro e as conquistas que pode ter e percebe que não pode ter nada disso? É isso que encontramos nesse livro. Acho que o que me chamou a atenção foi o fato de Tessa escrever uma lista sobre as coisas que gostaria de fazer antes de morrer, e existem muitas coisas interessantes nessa lista como: perder a virgindade, ser famosa, dizer sim para tudo durante um dia inteiro e entre outras coisas, e isso realmente me prendeu quando eu li a sinopse e pensei “tenho que ler esse livro”, mas é muito triste. Acho que como a acompanhamos desde o os momentos iniciais da sua doença, e que mesmo assim ela está... Digamos que “bem” e posteriormente a olhamos tão fraquinha que nem parece a mesma garota - fisicamente, eu quero dizer - por isso, peguem a caixinha de lencinhos e deixem do seu lado enquanto lêem. Gostei também dos outros personagens que estão com Tessa na estória, como seu pai que sempre está do seu lado, a sua mãe que se mostra muito fraca para suportar tudo, enquanto Tessa tenta a todo o momento a colocar no lugar de mãe, e isso é muito legal de se ler, e o irmão da Tessa que é um fofo, ah gente no final dá um aperto no coração...
Tem uma parte em que Tessa começa a passar muito mal, tendo uma hemorragia no nariz e quem está com ela é a sua mãe - uma mulher que não consegue lidar com a dor e nem com o papel de mãe – E aí a mãe diz que vai chamar o pai dela para cuidar de tudo e Tessa não deixa, diz que ela é que tem que cuidar dela, achei um máximo, por que mostra como ela precisava que a mãe fizesse o papel de cuidadora e de mãe.
Apesar de parecer ser uma estória apelativa, eu acho que foi interessante pelo fato de que Tessa continua a ser uma adolescente a todo o momento, mesmo no hospital, no fim da vida com mil exigências sobre o que ela quer que as pessoas façam, ela se mostra uma adolescente, e isso é bacana.  

Resumo: Tessa é uma menina de 16 anos que tem uma doença incurável. Diante de seu imutável destino, ela organiza uma lista com o que gostaria de fazer antes de sua morte e parte em busca de realizá-la: se apaixonar, ter a primeira relação sexual, dirigir escondida, roubar coisas numa loja... viver o tempo que resta. Um tema doloroso, passado com leveza e doçura, em um texto verdadeiro e tocante, sem ser piegas. 

5 comentários:

MARCINHOW disse...

Você já me convenceu a lê-lo nas primeiras páginas da sua resenha... Adoro livros tristes!

Paula Que saudade... Muito obrigado pelo apoio! é eu senti seu puxão de orelha...

MARCINHOW disse...

AAAh, você tá lendo Perfeitos... Tô lento feios e tô gostando muito, vou ficar esperando a sua resenha de perfeitos!

Fábrica dos Convites disse...

Me convenceu, quando for ler, vou deixar o lenco do lado. Bjs, Rose.

Jéssica Campos disse...

Nossa, sabe o filme Um Amor para Recordar? Parece um mistura do livro com o mesmo título com esse que você resenhou, interessante isso.
Adorei sua resenha mas não me vejo no momento de ler livros triste, mesmo assim vou deixar na lista aqui.


Bjss
www.frozenlivros.blogspot.com

Amanda disse...

Gostei!

Share It

Related Posts with Thumbnails