Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Shosha - Isaac Bashevis Singer

Minha opinião: Eu gostei desse livro. Vou começar assim minha resenha, por que esse livro é algo que antes me parecia como uma incógnita, já que não tinha idéia sobre o que se tratava, sabia que tinha algo haver com a segunda guerra mundial, mas não mais do isso.
Quando comecei a leitura, já gostei, por que a narração me interessou e se mostrou envolvente, além disso, durante o decorrer é possível se deparar com diálogos filosóficos que me agradaram muito, eu particularmente gosto bastante de livros que nos levam a pensar e refletir sobre o mundo, a vida, as coisas e os sentidos que damos as coisas, sentimentos e valores e claro, religião.

“Ele me diz que Deus sofre de uma espécie de amnésia divina que O fez perder o propósito de Sua criação. Meu dybbuk desconfia de que Deus tentou fazer demais em uma eternidade muito curta. Perdeu tanto o critério quanto o controle e está muito precisado de ajuda”

Shosha, é um livro que conta a estória de Arele que vive em Varsóvia e que desde cedo aprendeu as leituras sagradas judaicas e vive em um momento pré-Hitler, mas o que mais me chamou a atenção é que não se conta sobre a guerra – por que tudo não ocorre na guerra – mas fala de pessoas que vivem, pensam e seguem suas vidas da maneira que se dá e como se dá. Arele na infância conhece Shosha, uma garota com uma deficiência e que quando cresce continua com seu corpo infantil e sua mente também acompanha, mas ela continua sendo o amor de Arele que mesmo convivendo com mulheres fortes e poderosas, ainda continua amando Shosha, por que Shosha tem um sentido na vida dele que nenhuma outra mulher pode dar. Eu achei isso muito importante durante toda a leitura.

Resumo: O jovem escritor Aaron Greidinger, filho de um distinto rabino hassídico, tem cinco mulheres ao seu redor, cada uma com um papel em sua vida. Mas somente a uma delas coube a maior das distinções, a de ser seu grande amor - Shosha, uma garota tímida, insegura, que ainda vive na rua Krochmalna, misteriosamente com as mesmas feições da infância, e que o esperou por todos esses anos - razão pela qual ele se entrega a um destino incerto na Polônia ameaçada pelos nazistas.

3 comentários:

MARCINHOW disse...

Gosto muito de Drama, principalmente Pré, durante e pós Hitler! Esses geralmente são os que nos "machucam" mais!

Thaíza disse...

Oi, seu blog está maravilhoso, parabéns! Estou te convidando a participar de uma brincadeira que está no meu blog decorflorindo, espero que aceite, bjsss.

Radige Hanna disse...

Poxa, este livro estava em promoção no Meeme uns meses atrás... mas eu não comprei.

Lendo sua resenha o livro pareceu bem interessante, pena que não comprei...

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails