Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

domingo, 14 de agosto de 2011

O Voo de Icarus - Estevan Lutz

Minha opinião: Estou muito feliz por ter tido a oportunidade de ler esse livro que foi uma cortesia do autor.
Em primeiro lugar vou confessar que não tinha entendido direito sobre o que era a estória desse livro, pensei que era sobre um viciado em drogas, depois que era sobre um homem que estava passando por uma experiência cientifica, após imaginei que era sobre alienígenas; isso tudo lendo só a sinopse, e na verdade errei nas minhas previsões, apesar de que podemos dizer que a primeira e a segunda hipótese pode ser considerada em parte...
Agora em segundo lugar, vou começar dizendo que o autor me surpreendeu; primeiro por que durante toda a leitura eu pensava que a estória iria por um caminho – que seria o previsível – mas pelo ao contrario, ele foi à outra direção, o que eu achei ótimo, por que assim é possível ver que o autor conseguiu desenvolver algo próprio e criativo.
Mas vamos falar sobre a estória em si né? Pois bem, tudo gira em torno de Icarus um cara que vive alguns anos além e em que a tecnologia reina e todos pairam sobre ela, e nesse mundo tão tecnológico se encontra Icarus encarando um desafio dessa época, ele está com uma dependência virtual e isso faz com ele parta para um tratamento novo... E aí desenrola uma trama que mexe com o imaginário, o real, e o irreal, a possibilidade do nosso cérebro e até onde ele consegue nos levar. Isso foi bem interessante, confesso que em determinado momento eu achei meio parecido com o livro “Veronika decide morrer” do Paulo Coleho – Livro esse, que quase cortei os pulsos ao ler, devido a chatice que foi – Mas ainda bem que o autor mudou o rumo e desfez essa minha comparação.
Por isso, eu acho que o livro foi muito bom e vale a pena ser lido para poder entrar nessa trama que a cada pagina parece se enroscar cada vez mais.
Mas, como nem tudo é perfeito, eu achei também que o livro teve muitos “é isso!” “não, não é” “é sim” “não, não é” “opa, é isso sim” “não, não é mesmo” e nossa, teve uma hora que isso estava me incomodando, eu sei que isso era a intenção, para que não houvesse uma verdade ou que sempre existisse a dúvida, mas teve uma hora que eu não queria mais saber dessas dúvidas... Agora pensando, talvez isso tenha sido bom afinal, pois assim eu mergulhei junto na estória né?

Resumo: Num futuro próximo, na cidade marítima de Agartha, a vida do jovem Icarus oscila entre dois vícios: a realidade virtual e uma droga alucinógena denominada nirvana. Em busca de tratamento médico, ele acaba se tornando voluntário para a experimentação de um avançado medicamento baseado na nanotecnologia, o Sinaptek, o qual, posteriormente, lhe causa uma extraordinária reação adversa: a projeção de sua consciência, o que lhe permite viajar por diversos lugares do planeta e para outros mundos, empreendendo uma jornada do centro do universo ao centro da inconsciência humana. Estaria tudo, apenas, na mente de Icarus?

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails