Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

sábado, 17 de julho de 2010

Eu Sou o Mensageiro - MARKUS ZUSAK

“Eu não sabia que as palavras pesavam tanto”

Minha opinião:
O livro começa interessante? Sim.
E prende a atenção durante a leitura? Sim.
É legal? Sim.
A escrita é legal? Sim
Dá vontade de ler para saber como continua? Sim.
E termina também assim? Hum...
Pois é... Quem espera ler uma história como A menina que roubava livros, acho melhor desistir. Esse livro como eu disse é legal, prende a atenção e tem sim uma maneira muito divertida o personagem principal então...é muito legal, como ele é? Vou deixar ele se descrever:

“Meu nome completo é Ed Kennedy. Sou taxista, tenho 19 anos. Não sou nada diferente dos outros jovens daqui destes subúrbios – não tenho lá muitos planos pro futuro, e as possibilidades são poucas. Tirando isso, leio mais livros do que deveria, sou um zero a esquerda na cama e não entendo nada de imposto de renda. Prazer.”

Então, Ed Kennedy um belo dia recebe uma carta de baralho pelo correio com uma mensagem, e também dizendo que ele tem que levar mensagens para algumas pessoas que necessitam... e ai que a história toda se desenrola. Eu adorei a escrita, é tão interessante, que resolvi até usar aqui...rs... Mas achei o livro mais como aqueles livros de “lição de vida” ou como “Historias para aquecer o coração” Sabe? E claro que isso não é ruim, é muito bom, dá uma sensação boa, bonita... Pois bem, não sei dizer direito sobre esse livro, eu sei que gostei e achei bem... diferente – bem diferente – do que eu imaginava e talvez ai esteja o porque de eu ter gostado desse livro. Acho que vale a pena ler.

“Às vezes as pessoas são bonitas.
Não pela aparência física.
Nem pelo que dizem.
Só pelo que são.”

Resumo: Venha conhecer Ed Kennedy. Dezenove anos. Um perdedor. Seu emprego: taxista. Sua filiação: um pai morto pela birita e uma mãe amarga, ranzinza. Sua companhia constante: um cachorro fedorento e um punhado de amigos fracassados. Sua missão: algo de muito importante, com o potencial de mudar algumas vidas. Por quê? Determinado por quem? Isso nem ele sabe. Markus Zusak, autor do best-seller A Menina que Roubava Livros, nos fornece essas respostas bem aos poucos neste incomum romance de suspense, escrito antes do seu maior sucesso. O que se sabe é que Ed, um dia, teve a coragem de impedir um assalto a banco. E que, um pouco depois disso, começou a receber cartas anônimas. O conteúdo: invariavelmente, uma carta de baralho, um ou mais endereços e... só. Fazer o que nesses lugares? Procurar quem? Isso ele só saberá se for. Se tentar descobrir. E, com o misto de destemor e resignação dos mais clássicos anti-heróis, daqueles que sabem não ter mesmo nada a perder nesse mundo, é o que ele faz. Ed conhecerá novas pessoas nessa jornada. Conhecerá melhor algumas pessoas nem tão novas assim. Mas, acima de tudo, a sua missão é de autoconhecimento. Ao final dela, ele entenderá melhor seu potencial no mundo e em que consiste ser um mensageiro.


Desconto Progressivo em Livros! Até 20% OFF
Desconto Progressivo em Livros! Até 20% OFF

2 comentários:

Luana Farias disse...

Os livros dele parecem bons, mas eu não consegui ler a menina que roubava livros, era muito parado.

Tem entrevista la no blog.

bjs

Paulatictic disse...

Olá Luana! Eu vi a entrevista e fiquei curiosa em ler o Diário de Debora! muito legal os seus blogs...são ótimos!
Ah sobre o livro, eu gostei muito do A menina que roubava livros...

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails