Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

sábado, 30 de outubro de 2010

Eu mato - Giorgio Faletti

Minha opinião:
Mas vamos lá.

O que eu achei?
Eu gostei.
Simples assim.

Estava com saudades de ler um livro assim... Pode parecer estranho, mas acho que já disse que eu gosto muito de livros com histórias de Serial Killer, e eu estava há um tempo já querendo ler esse, até consegui. Duas coisas me chamaram muito a atenção para querer lê-lo primeiro, a capa, ela é incrível né? Muito intensa. Segundo, o nome, “Eu mato” poxa, chama mesmo a atenção.
Tudo bem, acho que essa história teve algumas surpresas, mas nada de muito incrível e que não se tenha pensado anteriormente, no entanto, a escrita e a forma como algumas coisas foram aparecendo, realmente me prenderam a atenção, e não me dava vontade de parar de ler – apesar de tive que parar por várias vezes, já que a faculdade me chamava - Mesmo assim, autor me surpreendeu, por que fiquei sabendo quem era o assassino muito antes do livro acabar e mesmo assim... ficava sem folêgo com o decorrer da história.
Mas sobre a história posso dizer que o fato do Serial Killer matar e cortar a face das suas vitimas, além de escrever sempre em suas cenas a frase “Eu mato...” foi interessante, além de o autor mostrar aos pouquinhos o perfil desse sujeito, nos fazendo desesperadamente entender o “por quê?”. Além disso, eu adoro essas cenas de investigação, em que o raciocínio tem que prevalecer, e que pequenas pistas revelam o todo. Adoro isso. Sabe, eu adoraria escrever algo nesse estilo...quem sabe um dia né? Enquanto isso, eu recomendo esse livro, por que sinceramente eu tive vários momentos de ficar angustiada e até sonhei com ele essa noite... terrível, intenso e muito bom! Vale a pena!

Resumo: Neste thriller de estreia de Giorgio Faletti, um agente do FBI e um detetive enfrentam um serial killer em Montecarlo, no glamoroso Principado de Mônaco. Trata-se do caso mais angustiante de suas carreiras: capturar o assassino que anuncia seus próximos alvos por meio de enigmas propostos em telefonemas para um programa de rádio, conduzido por um apresentador carismático.
Para confundir a polícia, músicas são utilizadas como pistas dos crimes, cujas doses de barbárie e astúcia abatem e desnorteiam policiais, investigadores e psiquiatras. Os assassinatos, caracterizados pela frase Eu mato escrita com sangue, são marcados por uma violência que não poupa nem mesmo a pele das vítimas.
O primeiro ataque vitima um piloto de Fórmula 1 e a filha de um general norte-americano. À medida que os crimes dominam as manchetes europeias, o assassino faz novas vítimas, entre elas um gênio da informática e um bailarino russo. Tragédias pessoais afetam e conectam os envolvidos nas investigações.
O autor mantém o suspense implacável mesmo depois de revelar a identidade do criminoso, quando é iniciada uma caçada para impedir novos ataques. Ao manipular perfis psicológicos singulares com uma trama surpreendente, Giorgio Faletti conquista o leitor. A versão cinematográfica de Eu Mato já é esperada em uma superprodução internacional.

8 comentários:

gabriella RK disse...

ua.parece realmente bom.
vi tambem que tu estas lendo vampiros em Dallas,tchê to louca para ler esse livro e mt ansiosa para ver sua resenha
bjss

Beatriz disse...

Adorei sua resenha! Vou vir aqui sempre para conhecer alguns livros para eu ler.
Beijos

chelseasale disse...

Parece ser ótimo esse livro, gostei muito.

patgular disse...

Como é que você consegue tantos livros assim para ler? Eu estou precisando de alguns, haha.
Eu gosto muito do seu blog sempre venho aqui, parabens!

Paulatictic disse...

Oie Gabriella!
Pois é, eu adorei esse livro e gosto muito mesmo desse genero! E ah, estou terminando Vampiros em Dallas, falta umas poucas páginas...E vou comentar que é bem legal, cheio de aventuras e cenas picantes!
Beijos

Olá Beatriz!
Seja muito bem vinda! E obrigada!

Oie ChelseaSale!
Realmente o lívro é ótimo!
beijos

Olá Patgular!
Ah, eu pego emprestado, alguns eu compro, outros pego nas bibliotecas, outros eu troco... e ai eu consigo ler...rs... Se quiser podemos trocar!
E muito obrigada, e continue a visitar,
beijos

Lenni Santana disse...

OLÁ FLOR!!
NÃO GOSTO DESSE GENERO, ACHO MUITO
ASSUSTADOR.PREFIRO OS ROMANCER,
COISAS MAIS CALMAS, RSRSRS. BJOS
DEUS TE ABENÇOEI SEMPRE.

Paulatictic disse...

Olá Lenni,
Ah, eu tb adoro romances e histórias de amor, mas tb adoro livros nesse estilo, na verdade eu gosto de tudo um pouco...
beijos

Valmir Diaz disse...

Estou divulgando a promoção do blog, que vai sortear 3 kits de livros =)

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails