Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Um Dia - David Nicholls

Minha opinião: Acho que estou com aquela sensação de que poderia passar os próximos 20 minutos chorando sem parar e até – quem sabe – soluçando... Esse foi o efeito final da leitura desse livro.
Eu gosto muito de romances românticos, e os leitores do blog sabem muito bem disso, e olha só... Eu gostei muito mesmo dessa estória, e li como se o mundo fosse acabar amanhã ou mesmo se fossem tirar o livro de mim a força, digo isso por que mesmo estando de certa maneira “de cama” nesses últimos dias, com uma fraqueza que parece que a qualquer momento vou desmaiar, além de hoje estar com uma dor de cabeça que parece que o próprio Thor está batendo na minha cabeça com o seu martelo, eu não consegui parar de ler esse livro.
Os boatos que esse livro era bom já tinham passado pelos meus ouvidos e depois que eu vi o trailer do filme, fiquei com um “comichão” para ler e por isso eu me dei de presente de natal antecipado e agora posso dizer que não me arrependi... Mas chega de enrolar né? Vamos ao livro, bem, ele conta sobre Emma e Dexter que se conhecem jovens, no dia da formatura deles, e partir desse momento eles começam uma história de amizade e amor, parece um pouco estranho, mas eles passam apenas um dia juntos e depois parece que existe algo que os liga, e o autor coloca isso de uma maneira tão delicada e intensa que você torce de todas as maneiras para que eles fiquem juntos. Isso por que o livro é dividido em capítulos que marcam a mesma data ano após ano, passando os anos, um ano depois, dois, três... quatro... dez... E nisso os personagens vão envelhecendo, vão se encontrando, se separando, vivendo e sempre se reencontrando, sabe aquela sensação de amor perdido? Ou de um amor mal acabado? Ou melhor, aquele amor que poderia ter sido, mas não foi... Pelo menos ainda? Acho que esse livro conta sobre isso.
Emma é uma fofa, cheia de ideais e uma personalidade marcante que vai se alterando com os anos, mas nunca deixando de ser ela mesma, com seu jeito de se descuidar ao mesmo tempo em que cuida de si mesma. Já o Dexter vive em um mundo de ostentação e poder e demora um tempo para se descobrir, e claro que a história do livro também fala dessas mudanças ao longo dos anos e de como as pessoas podem ser ver em diferentes momentos da vida. Mas o bonito de tudo isso é a relação dos dois e mesmo a vida os levando para caminhos diferentes, eles acabam sempre se encontrando e esses encontros são tão interessantes de se ler que você não quer que o livro acabe.

Ao se afastarem mais do vilarejo, Dexter segurou a mão dela para dar apoio na cambaleante travessia de algumas dunas ainda quentes do calor do dia. Caminharam em direção ao mar, onde a areia era firme e molhada, e Emma percebeu que Dexter continuava segurando sua mão

Eu adorei a maneira como o livro foi montado, sabe? Os capítulos mostrando sempre a mesma data, e de como os personagens se encontram ano após ano, e acho que isso fica tão nítido nos últimos capítulos... – Quem ler vai entender – por que é nos últimos capítulos que ficamos acho que mais vidrados, apesar de que tudo na história de Emma e Dexter é muito agradável de ler.

Resumo: 5 de Julho de 1988. Emma e Dexter se conhecem na noite da festa de formatura. Amanhã eles seguirão caminhos diferentes. Mas onde estarão nesse mesmo dia um ano depois? E nos anos que se seguirem?Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.
Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.
Tem filme desse livro

Resumo: Na formatura de 1988, Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgess) passam a noite juntos e desde então, todo ano, no dia 15 de julhoeles  se encontram. Até que finalmente, depois de 20 anos, elespercebem que são feitos um para o outro.



4 comentários:

Ademilson disse...

Ah, Paula você é uma péssima influência para mim sabia? Hehehe... Toda vez que eu venho aqui e leio alguma resenha, rapidamente me interesso. Você desperta meu espírito consumista! Gostei tanto do modo que você falou desse livro, tão apaixonada ou como se o livro tivesse te feito refém por sua própria vontade... Gostei muito da história, eu adoro romances. Está na lista de desejados. Até logo,
Ademilson
http://livrosdoad.blogspot.com/

MARCINHOW disse...

Você não é a primeira pessoa a falar bem do livro... e por isso quero ler... e essa sua resenha me animou ainda mais!

Fábrica dos Convites disse...

Este livro tem uma história que parece ser linda mesmo, e pelo que pude conhecer das várias resenhas que li dele, esta sensação que você está sentindo é a mesma em várias pessoas. Bjs, Rose.

Mayara Fernandes disse...

Todos estão me empurrando pra ler este livro e depois de ler o seu post a coisa piorou! QUERO LER ELE!

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails