Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

sábado, 31 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011!



Falta pouco para o ano acabar, um ano que pra mim foi cheio de novidades e claro que também cheio de livros e é por isso que vou fazer esse post para destacar os livros que fizeram parte de 2011 na minha vida.
Então... Esse ano eu li exatamente 80 livros, bem menos do que eu li ano passado que foram 108 livros no total, porém, acho que 80 livros já está bom né? E vou tentar me empenhar mais ano que vem, apesar de que às vezes o nosso dia a dia acaba não deixando espaço para um livrinho, não é mesmo?
Mas agora eu gostaria de relembrar alguns desses livros que eu li, e isso pode fazer aparecer livros bons como também livros que me decepcionaram muito esse ano, então vamos lá!

 Livro Surpresa
O livro que me surpreendeu esse ano com certeza foi o Dia de Eutanásia - Stephen Spignesique eu nem imaginava que me prenderia tanto a atenção, e que me deixaria tão inspirada, mas esse livro conseguiu algo que nem imaginava que foi me fazer viajar na história e quando eu menos percebi já estava toda envolvida. O bom desse livro foi que eu paguei apenas R$5,00 na livraria virtual Memee.com.br - que se não me engano está desativada - mas foi uma grande compra que sinceramente valeu a pena, uma grande surpresa!

Melhor coleção - trilogia

Com certeza absoluta o prêmio fica para a série Jogos Vorazes, que me conquistou por completo! A trilogia tem uma história ótima, envolvente e com personagens muito bem descritos com personalidades marcantes! Sinceramente, essa trilogia em minha opinião é uma das melhores que eu já li e está como minha super favoritas já que virei fã de carteirinha. Acho que nesse ano, essa trilogia me conquistou.


Chorei Muito - tanto nos livros como nos filmes

Eu sempre choro tanto em filmes tristes como em livros, por isso decidi escolher os livros que me emocionaram muito esse ano e entre eles os que eu mais chorei, rs. E por isso escolhi, A mulher do viajante do tempo que foi um livro lindo, que eu chorei mesmo, por que é super fofo! Além de que a história por mais incrível que pareça, é apaixonante, tantos os personagens como as falas e o modo como a estória é descrita, vale muito a pena para quem gosta de um romance.
O outro livro, foi um dos últimos que eu li esse ano que é o Um dia que sinceramente me pegou desprevenida, por que eu não suspeitava que se tratava de romance tão bom assim, mas ele foi e também me fez chorar de tão bonito que era.
Por isso fica aí a dica desse dois livros que se tornaram filmes e que deixaram com lágrimas nos olhos.




Melhor ficção cientifica 

Não esperava gostar tanto de um livro de ficção cientifica, principalmente por que não sou assim tão fã desse gênero, mas me deparei com o Guerra sem fim, outro livro que paguei apenas R$5,00, e me surpreendi com um livro muito bom! Toda a estória sobre guerra e outros planetas, viagem ao espaço e toda essa questão de que você pode ir para o espaço com 20 anos e voltar para a terra depois de 50 anos ou muito, mais muito mais e continuar com 20 anos me deixou boba, o pior é que é verdade. E gente, o autor realmente soube descrever muito bem o que poderia acontecer no futuro e trouxe um grande exemplar de ficção cientifica. Dizem por aí que está quase se tornando um filme, eu espero que seja verdade.




Livros para pensar



Esse ano eu li dois livros que eu considero os melhores que já li e me fizeram pensar muito, por que eles misturaram tanto filosofia como aspectos psicológicos e sociais de uma maneira muito palpável e que com certeza ficaram sendo os melhores livros que eu já li na minha vida.
Um deles foi a Elegância do Ouriço que me cativou logo nas primeiras páginas e depois me fez não querer parar de ler o livro de tão delicado que era, um grande livro.
O outro foi Coiote que trouxe uma temática que envolvia o proibido, questões sociais e principalmente um quê de psicológico que me deixou um tanto que envolvida, principalmente pelo personagem principal - Coiote - que tinha algo de estranho e de envolvente, apesar de trazer a tona os desejos mais íntimos dos seres humanos. Outro grande livro.


Grande decepção

Olha só, eu esperava muito desse livro Interligados: Aden Stone e a Batalha Contra as Sombras - Gena Showalter, achava que ele seria um livro jovem com muita ação e um romance interessante, no entanto, me deparei com um livro muito mal escrito com personagem muito pouco construídos e sinceramente, com uma estória que deixou muito, mas muito mesmo a desejar, um livro que não recomendo para ninguém.

Melhor personagem

Pensei muito sobre isso e como eu já havia escolhido a Lisbeth Salander da trilogia Millenium ano passado, e claro que ainda a considero a melhor das melhores, mas esse ano vou dar o meu voto para um personagem que realmente me cativou e que eu considero um dos melhores que é o Cale do livro A Mão Esquerda de Deus, acho que não só o personagem, mas o livro também foi de arrasar, por isso o meu ponto vai para ele esse ano.

Melhor Romance Teen 

O que conquistou esse ano foi sem sombra de dúvida A Fera, um livro tão fofo e bonito e que me fez suspirar sem parar várias vezes, achei lindo essa adaptação do clássico A Bela e a Fera, ficou muito bem escrita e um dos melhores romances jovens que já li!

Melhores Autores

Aqui eu fiquei em dúvida afinal, existe diversos autores que são muito bons, mas cada um no seu gênero, por isso decidi escolher três autores que acho que merecem ser colocados como os melhores em minha opinião no ano de 2011. São eles:
Marc Levy pelos ótimos romances E Se Fosse Verdade... e a continuação Encontrar Você, ambos os livros são muito escritos e trazem uma trama bem amarrada e sempre com o que se espera, um bom romance, os livros são maravilhosos e estão também na lista de melhores romances, portanto nesse gênero o autor ganhou.










Suzzane Collins pela maravilhosa trilogia Jogos Vorazes merece muito mais que essa indicação, por que ela soube realmente criar bons personagens, que continuaram com suas personalidades, que alias foram muito bem definidas durante toda a trilogia, ou seja, eles não se perderam no caminho como as vezes acontece com alguns livros, isso não aconteceu com Suzzane que soube muito bem conduzir uma narrativa envolvente do começo ao fim e sempre nos deixava na expectativa do que iria ocorrer a seguir e melhor do que isso, não decepcionou de jeito nenhum! Uma ótima autora!












Stieg Larsson está novamente na minha lista com a maravilhosa trilogia Millenium que não pode ser considerada apenas boa, mas sim ótima,  por que ele soube descrever um romance policial de tirar o folego, além de ser surpreendente a cada página e trouxe personagens que não se perderam em nenhum minuto, mas que foram criando vida própria em cada página que se lia, um autor de se tirar o chapéu.





Sem Fôlego 

Laranja Mecânica foi um livro que me deixou sem ar e muitas vezes com incertezas e certezas, um livro que não se pode deixar de ler na vida. Nunca imaginei que fosse assim, ele traz uma violência que nos desafia ao mesmo tempo que fala do desejo e daquilo que queremos mas que somos barrados, mas traz a questão: é se fosse liberado fazer tudo o que se deseja? É ao mesmo terrível e maravilhoso, um ótimo livro.

Melhor livro brasileiro

Uma grande surpresa para mim foi com certeza o livro Paixão, Drogas e Rock 'N' Roll da Daniela Niziotck, por que ele foi muito mais do que eu podia imaginar, a autora é maravilhosa e criou personagens marcantes e uma narrativa gostosa de se ler. Eu adorei o livro e lembro de que depois de ler eu ficava pensando nos personagens, e isso significa que o livro era bom mesmo! muito bom!

Bem é isso!
E feliz 2012 e espero que seja cheio de livros!

Um comentário:

Mateus Lopes disse...

legal vc contar quantos livros leu em 2011, eu nao tenho ideia! kk feliz 2012 paula!!!

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails