Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

domingo, 10 de abril de 2011

PROJETO: História Coletiva - 2ª semana

Olá,
Essa semana vamos dar continuidade ao Projeto - E quem não sabe do que estamos falando, é só acessar AQUI, para poder entender e também participar - Nessa semana, decidimos coisas importantes da história, por exemplo, como iria continuar, do que seria a história, como é o personagem principal e o melhor é que todos que quiseram participar, participaram e coletivamente tudo foi sendo decidido.

OBS: Quero lembrar que nesse projeto muitas vezes a sugestão ou opinião que damos pode ser aceita ou não, ou pode ser alterada parcialmente e isso que é o mais importante nese projeto, já que é algo grupal. No entanto se você se sentiu ofendido (a) ou incomodado(a) com alguma coisa pode me mandar um email (paulatictic@hotmail.com) que discutiremos a situação.

Sendo assim, eu coloco mais abaixo a continuação que foi decidida por todos. Mas quero especificar que a narrativa foi feita por Mateus Lopes (que deixou no comentário) e pela Lii que enviou um email com a narrativa.
Como o trecho do Mateus já foi aceito por todos, não houve votação.
E como também não houve outra pessoa que quis enviar alguma narrativa, não houve votação, portanto a da Lii é que deu continuidade ao projeto - E vou dizer que em minha opinião ficou muito bom - É isso aí, agora temos que pensar em como continuar.

PS: COMO SERÁ A PERSONALIDADE DO LÉO? Sarcástico? Sério? Brincalhão? Tímido? É importante pensar sobre isso, para podermos ter a mesma idéia sobre ele.

QUER ACESSAR A HISTÓRIA COLETIVA DO COMEÇO ATÉ AGORA?
BAIXE AQUI (Megaupload)

 

QUER ACESSAR A HISTÓRIA COLETIVA DO COMEÇO JUNTAMENTE COM TODO O PROCESSO DE CRIAÇÃO?
BAIXE AQUI (4Shared)
 
Você ainda não participou? COMECE AGORA! Deixe um ocmentário com sua idéia, sugestão, opinião, trecho e contribua para ser também autor dessa história.

19 comentários:

Mateus Lopes disse...

adorei o jeito que ficou!aí vai mais uma ideia:

-Ver o futuro?-perguntou Léo, começando a desconfiar da sanidade da mulher.
-Sei que parece loucura, mas não recomendo que saia daqui sozinho e achando que sou...
Júlia não chegou a terminar a frase,pois o rapaz se levantou e saiu, ainda muito perturbado.
Ver o futuro? Loucura. Seus pais deviam estarlhe pregando uma peça. De repente, Léo parou.
Ele não havia visto seus pais naquele dia. Se eles tivessem decidido sair, teriam deixado ao menos um bilhete. Assustado, ele pegou seu celular e ligou para a mãe.

Paulatictic disse...

Mateus!
Olha só, esquecemos que ele tem família! rs...
E ele tem irmãos? trabalha? só estuda? o quê?

Eu e meu irmão pensamos no seguinte trecho para continuar a partir do seu:

"decidido sair, teriam deixado ao menos um bilhete. Assustado, ele pegou seu celular e ligou para a mãe...
Mas antes dele chegar a digitar o numero de mãe, Júlia se aproximou dele e ficou a poucos centímetros o encarando.
Léo abaixou o celular e a olhou.
- O que foi? – Ele perguntou sem entender o porquê da insistência dessa mulher.
Júlia piscou algumas vezes e abriu a boca para falar, mas logo voltou a fechá-la. Por fim começou a dizer:
- Você se lembra do dia em que você salvou a vida daquele homem?
- Do que você...
- Do homem que ia ser atropelado?
- Como assim do que eu estou falando? Aquele homem que você esbarrou “sem querer” ia morrer atropelado, mas você evitou isso quando esbarrou nele. Isso nunca aconteceu, nunca e você fez isso mudar...
- Espera um pouco aí – Léo fala levantando uma mão – mas como você sabe... Não, quer dizer, eu não sei de nada, eu preciso ir...
Júlia sorri em sinal de aprovação, ela confirmou para si a duvida que ainda tinha.
- Espera você! Como eu sei? É isso que você ia perguntar? – Ela o olha fixamente – Eu tenho um dom, eu consigo ver o futuro...
Léo balança a cabeça como se quisesse ouvir o que ela estava falando.
- Para ser mais especifica eu consigo ver um minuto antes da morte de qualquer pessoa, e, se você quiser saber, é o minuto mais longo da vida de uma pessoa"

Lii disse...

Adorei a continuação que vocês escreveram!
Quando eu estava escrevendo a narrativa, eu percebi que esquecemos de montar a vida dele...como ele tem 17 anos, ou ele está no terceiro colegial, ou já terminou a escola. Acho que ele deveria ter uma irmã mais nova, ou um irmão mais velho..ou ambos...não sei.

Ah, e como é que a Júlia encontrou ele? Ela conta sobre o dom dele, mas como ela sabe? Afinal, ela vê o minuto final das pessoas...mas e quanto a ele? Ou, por exemplo, quando ela viu o minuto final do cara que quase foi atropelado, ela viu o Léo de algum jeito? E foi assim que ela acabou encontrando ele?
Ficou uma parte sem explicação por enquanto..

Acho que a Júlia poderia ser mais séria, por causa da idade dela, por ser mais madura...e o Léo... eu não sei..vou deixar para o próximo dar a idéia.

Erica Belancieri disse...

Continuando o pensamento da Lii.
Acho que o Léo deveria ser mais descuido. Agisse primeiro, pensasse depois...

Nessa❀❀❀ disse...

Continuação:
Léo está apavorado com tudo que Júlia esta falando, senta no chão com as mãos na cabeça e fala:
- Como isto pode estar acontecendo comigo? Tudo isso está sendo muito novo pra mim, e agora o que vamos fazer? Se você diz que vê um minuto antes da morte das pessoas, como vamos fazer para salva - las?
Léo fica muito confuso, e faz muitas perguntas ao mesmo tempo para Júlia.

Nessa❀❀❀ disse...

Penso que as caracteristicas do Léo pode ser:
Por ser Joven ele estuda,poderia ter um irmão mais novo no qual ele procura cuidar e proteger, pois seu pais estão sempre trabalhando,mas ele sempre se preocupou muito com as pessoas,um caracteristica por ter este dom de salvar as pessoas.
Penso que Julia,poderia ser mais seria e segura sendo que é mais velha do que ele, e ela deve mostrar para ele como agir.

Lii disse...

Concordo com a Erica, acho que o Léo deveria ser descuidado (agir primeiro, pensar depois), mas também ser muito preocupado com as pessoas, como a Nessa disse.

E a Júlia, por ser mais velha, fosse mais madura, mais séria e segura (como disse a Nessa), mas que também tivesse seus momentos de fragilidade. Uma pessoa muito confiante, mas que lá no fundo, tem uma parte frágil.

Marília Gomes disse...

Eu acho que está ficando bem elgal a história, mas acredito que ainda é cedo para o Léo acreditar e participar do que a Júlia quer, afinal, como ela sabe que ele vê emsmo o futuro? falta isso. Por isso eu acho que devia ter algo antes da parte da vanessa
"- Como isto pode estar acontecendo comigo? Tudo isso está sendo muito novo pra mim, e agora o que vamos fazer? Se você diz que vê um minuto antes da morte das pessoas, como vamos fazer para salva - las?
Léo fica muito confuso, e faz muitas perguntas ao mesmo tempo para Júlia."
Acho que ele não pode se desesperar assim, afinal, eu li antes que ele tem um sonho do dia dele né, então ele nao pode ficar assim desesperado.
Não sei, é o que eu acho, o que vocês acham?

Marília Gomes disse...

Eu acho que está ficando bem elgal a história, mas acredito que ainda é cedo para o Léo acreditar e participar do que a Júlia quer, afinal, como ela sabe que ele vê emsmo o futuro? falta isso. Por isso eu acho que devia ter algo antes da parte da vanessa
"- Como isto pode estar acontecendo comigo? Tudo isso está sendo muito novo pra mim, e agora o que vamos fazer? Se você diz que vê um minuto antes da morte das pessoas, como vamos fazer para salva - las?
Léo fica muito confuso, e faz muitas perguntas ao mesmo tempo para Júlia."
Acho que ele não pode se desesperar assim, afinal, eu li antes que ele tem um sonho do dia dele né, então ele nao pode ficar assim desesperado.
Não sei, é o que eu acho, o que vocês acham?

Lii disse...

Eu acho que a Marília está certa, está muito cedo pra ele acreditar na Júlia, porque pelo que escrevemos até agora, ele não sabe que vê o seu futuro todos os dias, e se fosse comigo, eu acharia que a mulher estava louca.
Acho que ela precisa provar primeiro, que ambos realmente vêem o futuro.

E também acho que a parte da Nessa está muito dramática, vocês não acham?
Primeiro o Léo precisa saber (e ter provas) de que realmente vê o futuro, segundo, a Júlia precisa pedir a ajuda dele. Não é só porque ela vê o minuto final das pessoas, que eles possam impedir o que vai acontecer. E precisa ter uma regra para esses "minutos finais". São de pessoas com quem ela encontra todos os dias? São de conhecidos? Pessoas do mesmo bairro? Da mesma cidade?
Imagine quantos minutos finais ela não veria se fosse do mundo todo... E que ela não poderia impedir.

Essas são partes principais da história que precisam ser decididas logo. Agora elas não precisam aparecer na narrativa, mas precisam ser pré-determinadas para a narrativa poder ser escrita.

Paulatictic disse...

Oie!
Estamos indo de vento e polpa hein? Bem, acho que tem muitas questões a serem decididas e acho que a Lii, traz questionamentos importantes para continuar a narrativa.
Hum, acho Nessa que podemos colocar a sua parte um pouco mais para frente o que acha? Talvez nesse momento Léo ainda esteja aceitando essas possibilidades.

Gente, pelo que eu entendi, o Léo já sabe que sonha com o seu futuro, ou seja, ele sonha de noite o que vai acontecer no seu dia, e ele realmente quis impedir aquele atropelamento. Ou seja, a Júlia sempre prevê o minuto final, e tentou achar determinada pessoa e quando encontrou viu o Léo impedindo a morte dele, e achou que "algo" acontecia ali, afinal sempre que ela previa algo, acontecia. E ela percebeu que ele estava escondendo algo, além disso ela podia já estar seguindo ele há alguns dias e percebendo que ele fazia as coisas como se já soubesse que elas iriam acontecer...
O que acham?

Lii disse...

Oi!
Ah, tá. Pelo o que eu tinha entendido, ele tinha o dom, mas ainda não sabia rs

Hum, gostei da sua idéia, Paula! É um ótimo jeito deles se conhecerem, mas ainda falta definir qual é a "distância" para ela ver o minuto final das pessoas...
Eu diria que ela vê o minuto das pessoas da cidade deles, uma cidade de tamanho médio, talvez.
Dêem idéias...

Erica Belancieri disse...

Olá gente.
Gostei da idéia da Paula, e acho que a Lii tem razão, ela deveria Ver os minutos das pessoas da cidade, mas ainda assim ficaria muita gente, então eu pensei que talvez ela precisasse ter visto essa pessoa pelo menos uma vez (ter passado por ela na rua uma vez, ou esbarrado...)
O que vocês acham?

Lii disse...

Oi!
A Erica tem razão, mesmo vendo os minutos só das pessoas da cidade, ainda seria muita gente.

E se em vez dela ver os minutos das pessoas por quem ela já passou na rua ou em outro lugar, se fosse pessoas em quem ela já encostou?
Aí o toque seria o "desencadeador" para ela ver ou não o minuto final. Porque é comum encostar nas pessoas, esbarrar na rua, andar em ônibus cheio de passageiros, ajudar cegos e velhinhas a atravessar a rua, e etc...

Mateus Lopes disse...

esta ficando mto bom, quando sair a proxima parte dou mais umas ideias ;)

Erica Belancieri disse...

Gostei Lii. Assim ficaria melhor.

Paulatictic disse...

Bem gente! ESSA SEMANA ACABOU! Como na semana passada, fica aberto para que qualquer pessoa continue a narrativa de acordo com tudo que foi decidido, ou seja, continua com o trecho do Mateus, depois o Meu trecho com meu irmão, depois acrescente de acordo com os dados que foram acertados, e se possível achar uma forma mais adiante de colocar o trecho da Vanessa, ok?
Bem, se mandarem mais de uma narrativa, elas irão para votação, caso só tenha uma, ela ficará como definitiva, ok? quem quiser enviar pode mandar para o meu email paulatictic@hotmail.com até domingo de manhã, ok? E de novo, se caso ninguém escrever eu e meu irmão iremos continuar.
beijos

Lii disse...

Eba!!
Amanhã eu vou arranjar inspiração para escrever =D
Boa noite.

Lii disse...

Hum...não é por nada não, mas tem muitas coisas que ficaram soltas essa semana e que não foram decididas.

Por exemplo, como é a personalidade dele? Vai ser assim mesmo: Descuidado (age primeiro, pensa depois); é muito cuidadoso com as pessoas?

E ele vai ter um irmão mais velho, uma irmã mais nova, ou só um irmão mais novo?

A Júlia será séria, madura, segura e um pouco frágil?

Bom, bom... só estou lembrando... já estou escrevendo a narrativa para poder mandar!
Beijinhos.

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails