Estou lendo:O MUNDO EXPLICADO POR T.S. SPIVET - Reif Larsen


10 / 223 words. 4% done!

terça-feira, 14 de junho de 2011

Morte e Vida de Charlie St. Cloud - Ben Sherwood

Minha opinião: Fazia tanto tempo que queria ler esse livro, afinal, olha a capa dele, não é fofinha? Tem uma cara de livro romântico! Rs... E foi isso mesmo, foi um livro bem bacana de se ler, e eu gostei. O livro conta sobre Charlie e seu irmão Sam, os dois são muito próximos e tem uma relação completamente incomum, já que Charlie mora em um cemitério e Sam, bem, Sam está morto. E essa relação faz com que nenhum dos dois consiga seguir o seu caminho na vida, e depois de muito tempo desse jeito, a vida de Charlie muda, por que ele conhece uma mulher interessante – Tess - que mexe com ele, e claro que essa mulher aparece de uma forma também muito diferente. Eu adorei o Sam, ele tem um jeito tão infantil e delicioso de se ler, é muito bom, e acho que algumas surpresinhas que aparecem no caminho, durante a leitura, faz com que fiquemos com mais vontade de ler e sem parar.
Eu achei o Charlie um cara super legal e interessante e fiquei aqui pensando com meus “botões” se o Zac Efron fez um bom trabalho no papel desse personagem, não sei, mas eu me lembro dele cantando e rodopiando sem parar naquele filme “High School musical” e na minha mente não vem um cara como o Charlie, mas espero estar enganada.
Hum, apesar de ser um livro rápido de se ler e com uma narrativa gostosa – que vou contar que não traz muitas novidades – ele também me fez lembrar um pouco – bem pouco - de “E se fosse verdade...” quando vocês lerem, vocês irão entender...
Mas agora eu vou correr para assistir ao filme e conto para vocês.
Resumo: Morte e Vida de Charlie St. Cloud inspirou o filme estrelado pelo galã Zac Efron, Best-seller nos EUA, figurou a lista dos mais vendidos do New York Times agora traduzido para o Português, esta emocionante aventura irá cativar leitores e leitoras e ensinar que a vida às vezes é feita de milagres.
Charlie é um garoto que recebe um dom extraordinário: ele consegue conversar e brincar com o espírito de seu falecido irmão. Após encontrar Tess, uma navegante cheia de sonhos, os dois precisam decidir entre apegar-se ou deixar o passado para trás.
E eles descobrem que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.

3 comentários:

Mateus Lopes disse...

nao sou fã de livro mto romantico, e colocam o zac efron pra interpretar o cara, aí perco o respeito!

Jéssica Campos disse...

Nossa eu fiz a mesma comparação com o "E se fosse verdade..." em relação a esse livro, ainda não vi o filme e nem li, mas pessoas que conheço leram e eu pedi todas as informações com spoiller e tudo ahuahaua, mas acho que vou acabar lendo mesmo.

Bjsss
www.frozenlivros.blogspot.com

Jacqueline Brito disse...

Pensei a mesma coisa enquanto lia, mas depois de ver o filme devo dizer que o Zac Efron subiu um pouco no meu conceito. O filme não é lá essas coisas, porque muda a história um pouquinho, mas ele amadureceu como ator.

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails